Semana de Luta Antimanicomial tem programação extensa

Publicada em 29/04/2018 às 12:31

Após a Reforma Psiquiátrica, os manicômios não fazem parte das práticas orientadas pelo Ministério da Saúde. Jundiaí conta com rede de atendimento estruturada, a partir dos princípios da política nacional de saúde mental e da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). Com a inauguração do Serviço de Residência Terapêutica, no mês passado, o trabalho para a reinserção na sociedade das pessoas com transtornos mentais graves vem se consolidando com o cuidado em rede.

Segundo o coordenador da Saúde Mental da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Alexandre Moreno Sandri, Jundiaí conta com rede robusta para o atendimento a estas pessoas. “A cidade tem quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), o Consultório na Rua, os leitos de retaguarda na enfermaria do Hospital São Vicente de Paulo, o Centro de Convivência, Cultura, Trabalho e Geração de Renda (CECCO) além das duas residências terapêuticas que vieram para completar a rede”, detalha.

O coordenador explica que, nas próximas semanas, os últimos moradores das unidades chegarão. “Este serviço representa a essência da luta antimanicomial, provando que mesmo quem tem um transtorno grave pode ser cuidado em redes comunitárias e ter uma vida longe das internações. Atualmente, a cidade conta com 13 usuários nos dois serviços. A capacidade máxima é de 20 pessoas”, detalha.

Programação

A Semana de Luta Antimanicomial contará com ações em várias oportunidades. A abertura será na quinta-feira (3), às 15h, quando acontecerá panfletagem no Terminal Central.

No dia 7, segunda-feira, acontece a abertura da exposição de produção artística dos assistidos pelos Caps da cidade, na Biblioteca da Argos, às 14h. Ainda está prevista a apresentação de “A casa sonolenta” por uma contadora de histórias.
No dia 16, na quarta-feira, às 14h, haverá exibição e debate no CECCO, sobre o filme “Nise da Silveira”.
No dia 17, quinta-feira,  no Paço Municipal, acontecerá o Fórum da Luta Antimanicomial. A abertura será com o gestor da UGPS Tiago Texera, Camila Covas (Coordenadora Residência Terapêutica de Jundiaí) e James Santos de Souza (usuário do CAPS Ad).

Assessoria de Imprensa

Fotos: Fotógrafos PMJ

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2018/04/29/semana-de-luta-antimanicomial-tem-programacao-extensa/

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br