Evento orienta empresários sobre potencial de exportação

Publicada em 01/03/2018 às 16:46

O produtor de defumados artesanais Leandro Oliveira Spinassi, do bairro Caxambu, sabe do potencial de seus produtos, mas diz que nunca imaginou que poderia exportá-los para outros países. Ele chegou cedo ao auditório da DAE nesta quinta-feira (01), onde foi realizado o Exporta Mais Jundiaí, promovido pela Prefeitura com o objetivo de fomentar a exportação pelos empresários do Município. “Com base nas informações passadas aqui, acredito que seja possível a gente exportar. Estou bastante animado com essa possibilidade”, disse.

Outro que fez questão de acompanhar as palestras foi Anderson Pinheiro, da Karioka do Brasil, uma das empresas da Incubadora de Jundiaí. Ele afirmou que sua meta inicial era buscar informações sobre o mercado externo. “Nosso foco é a Colômbia, que consome muitos produtos brasileiros. Achei a iniciativa do evento muito interessante”, destacou.

Na abertura do Exporta Mais, o assessor de Cooperação Internacional, Carmelo Paoletti Neto, lembrou que o evento teve como objetivo proporcionar acesso à informação qualificada sobre o assunto a fim de incentivar os empresários locais a buscar outros mercados para seus produtos. “Há muito potencial a ser explorado e nós estamos atentos a isso”, disse.

Para o prefeito Luiz Fernando Machado, o evento teve como um dos pontos fortes a qualidade dos palestrantes. “Vivemos um momento importante de retomada da economia e é fundamental que os empresários tenham contato com profissionais ligados diretamente ao mundo da exportação, com capacidade para atuarem como interlocutores no processo de venda dos produtos para outros países”, destacou.

O chefe do Executivo Municipal ressaltou que todas as iniciativas que visam gerar novos negócios no Município e, como consequência geram emprego e renda para os jundiaienses, têm total apoio da atual gestão. “Os empresários podem contar com a Prefeitura para superar quaisquer desafios que possam existir à expansão dos seus negócios”, completou Luiz Fernando.

Palestras

O primeiro a fornecer informações aos empresários presentes foi o diretor da Investe SP, Sérgio Costa. Ele afirmou que em Jundiaí há uma série de empresas com produtos “altamente exportáveis” que podem “ajudar a transformar a economia da cidade”. O diretor apresentou o trabalho da Investe SP, que trabalho no fomento a novos investimentos no Estado de São Paulo.

Em seguida, a consultora de negócios da Desenvolve SP, Cíntia Kishimoto, falou sobre as linhas de crédito disponíveis na agência para empresários que querem exportar e também para quem busca capital de giro. “Trabalhamos com crédito sustentável, com juros baixos e longos prazos de pagamento”, explicou. Até dezembro de 2017, a agência de fomento paulista já liberou R$ 2,7 bilhões em créditos para empresários, informou Cíntia.

A terceira palestrante foi Maria Cristina Moraes, assistente de comércio exterior dos Correios. Ela falou sobre o Exporta Fácil, serviço dos Correios que atende micros e pequenos empresários, e reforçou a necessidade de o interessado estar preparado. “É fundamental ter a empresa regularizada e um parceiro aduaneiro definido, por exemplo. A ideia é que ele comece a exportar com a gente e depois cresça e gere emprego e renda”, pontuou.

O evento contou também com uma palestra do analista tributário da Receita Federal, Carlos Eduardo Assini, que falou sobre os tipos de exportação, e do gerente regional do Sebrae, Thiago Farias, que abordou as possibilidades de exportação para a Colômbia.

Assessoria de Imprensa

Fotos: Fotógrafos PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2018/03/01/evento-orienta-empresarios-sobre-potencial-de-exportacao/
Leia mais sobre , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br