ONU Mulheres integra programação do combate à violência feminina em Jundiaí

Publicada em 28/11/2017 às 18:35

Pela programação dos “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, a Sala Jundiaí do Complexo Fepasa recebeu na tarde desta terça-feira (28) a palestra “Boas Práticas que as cidades podem adotar no enfrentamento à violência contra as mulheres e meninas”.

A gerente dos Princípios de Empoderamento Econômico da ONU Mulheres, Adriana Carvalho, explicou a importância do evento global que chega pela primeira vez a Jundiaí. “A programação começou no dia 25 de novembro, dia de combate à violência contra as mulheres, e termina no dia 10 de dezembro, dia internacional pelos Direitos Humanos. E o lema desta edição é muito representativo, ‘Não deixar ninguém para trás’, em linha com a agenda de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas”.

Adriana apontou também a importância do diálogo, do trabalho em rede, da capacitação de quem atende as mulheres e da importância da ressignificação dos adjetivos com que as mulheres são qualificadas, e tratou de dados e pesquisas sobre a violência contra as mulheres, da questão do consentimento, do mundo do trabalho, da desigualdade salarial, e elencou exemplos aos participantes.

Agradecida pela presença de representantes de diversas Unidades de Gestão da Prefeitura e de entidades, a gestora da Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), Nádia Taffarello Soares, comemorou a adesão. “Pude notar que se somaram pessoas à campanha. E esta é a ideia: que a luta traga cada vez mais participações.”

O educador esportivo Otacílio Calciolari, professor de Natação do Centro Esportivo Dr. Nicolino de Luca (Bolão), foi um dos que acompanharam a palestra. “Vim a convite da Unidade de Esporte e Lazer, que entende a importância de que homens participem de um evento como este, pois sou homem, mas tenho esposa, parentes e alunas, e é importante que eu também reflita sobre o assunto para poder apoiar e orientar em ocasiões em que isso for necessário”, ponderou o servidor.

Também representando a ONU Mulheres, a gerente de projetos Ana Lúcia Monteiro apresentou o programa “Uma vitória leva à outra”, que aborda o empoderamento feminino e a prevenção à violência através do esporte. “As barreiras que impedem o acesso feminino no esporte são as mesmas que as impedem no mercado de trabalho. Por isso, a abordagem esportiva, além de servir de exemplo, é uma ferramenta de inserção social, pois gera disciplina, traz noção de liderança, cria foco e objetivo futuro, promove o trabalho em equipe e cria aprendizado sobre ganhar e perder”, explicou.

16 dias de atividades

A programação dos “16 Dias” segue até o dia 9 de dezembro, com a apresentação da ação conjunta pelos Direitos Humanos com a Orquestra Municipal no Teatro Polytheama. A programação completa pode ser consultada online.

A iniciativa dos “16 dias” em Jundiaí é da UGADS e da Assessoria de Políticas para as Mulheres, vinculada à Casa Civil.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/11/28/onu-mulheres-integra-programacao-do-combate-a-violencia-feminina-em-jundiai/
Leia mais sobre , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br