Japão compartilha com Jundiaí experiência de Policiamento Comunitário

Publicada em 23/11/2017 às 18:06

Dentro da semana de aniversário da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ), que celebra 68 anos de existência, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) realizou nesta quinta-feira (23), no Salão Azul da Escola Superior de Educação Física de Jundiaí (Esef), o Seminário de Segurança Comunitária do Aglomerado Urbano.

A atividade teve como destaque a participação da policial Hisami Ohashi, representante da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Japan International Cooperation Agency – Jica), que abordou o tema Policiamento Comunitário, o case de sucesso no Oriente baseado na implantação do sistema Koban e que vem refletindo positivamente, inclusive para o aperfeiçoamento da Guarda Municipal de Jundiaí.

“A proposta no intuito de envolver os municípios que fazem parte do Aglomeração é de fundamental importância para a integração dos serviços públicos que garantirão o bem-estar da população. Importante também destacar o fato de Jundiaí ter sido escolhida para recepcionar os representantes da Agência de Cooperação, o compartilhamento de idéias para a futura implantação deste sistema diferenciado de policiamento comunitário, modelo de referência mundial, a polícia de proximidade”, afirmou o prefeito Luiz Fernando Machado, durante a abertura do  seminário.

O Prefeito também fez referência aos dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea) para o Atlas da Violência 2017, que mostra Jundiaí entre as 10 cidades mais pacíficas do país. “Comprovadamente, em se tratando de segurança municipal, estamos atuando fortemente em várias frentes para garantir a prestação dos serviços com muita seriedade e efetividade. A atual Administração aposta num modelo de gestão aberto ao diálogo direto com a comunidade participativa e atuante”, garantiu.

O titular de Gestão de Segurança Municipal, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó), ressaltou o trabalho integrado para a realização do evento.  “Hoje presenciamos um momento especial de integração entre as forças de segurança, profissionais comprometidos com a prestação de serviços de maneira ímpar. A integração é e sempre será a melhor forma de atuação em parceria. O intercâmbio entre o Japão e o Brasil – especificamente Jundiaí e a Guarda Municipal –  está se tornando cada vez mais próximo e possível.”

Propostas 

Responsável pela iniciativa, o coordenador do GGIM, Luís Eduardo Bailoni, comentou o porquê da escolha pelo tema. “O seminário veio como oportunidades de discutir a segurança pública a partir da prevenção e repressão ao crime e à violência de maneira mais efetiva e integrada”, disse.

Também estiveram presentes o vice-prefeito, Antonio de Pádua Pacheco; o comandante da GMJ, inspetor Benedito Marcos Moreno; o vereador Antonio Carlos Albino (representando o presidente da Câmara Municipal de Jundiaí, Gustavo Martinelli); o diretor da Esef, Davi Poit, além de demais autoridades e convidados do município e da grande região que integra a Aglomeração Urbana de Jundiaí.

Assessoria de Imprensa GMJ

Fotos: fotógrafos PMJ                  

  

 

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/11/23/seminario-de-seguranca-sinaliza-cooperacao-tecnica-entre-jundiai-e-japao/
Leia mais sobre , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br