Cursos profissionalizantes são oferecidos a moradores do São Camilo

Publicada em 22/08/2017 às 15:14

As aulas dos cursos profissionalizantes do Senac destinado aos moradores do Jardim São Camilo tiveram início nesta semana. Os cursos fazem parte do trabalho social que integra o projeto de urbanização do Jardim São Camilo, desenvolvido pela Fundação Municipal de Ação Social – FUMAS – e viabilizado por meio de convênio firmado com o Ministério das Cidades.

Ao todo, serão oito cursos disponibilizados gratuitamente para a comunidade do São Camilo. Nesta primeira etapa, já iniciaram as aulas dos cursos de design de sobrancelhas, cuidador de idosos, depilação e doces para festas. As turmas de recepção e atendimento telefônico, panificação, síndico profissional e salgados terão início até setembro.

As aulas são realizadas nos salões de festa dos condomínios Residencial Gênova e Roma, e também na Associação Pio Lanteri. As vagas – com quantidades que variam entre 10 e 25 alunos, de acordo com cada curso – foram divulgadas na comunidade e preenchidas por moradores desses condomínios e também pelos que residem no núcleo de submoradias do São Camilo.

Certificados Senac

O tempo de duração dos cursos é variado, mas é importante ressaltar que, para receber a certificação do Senac, é fundamental que o aluno não ultrapasse 25% de faltas. “Não há exames, mas os alunos são avaliados diariamente conforme a postura em sala de aula, frequência, comportamento em relação aos treinamentos”, avisa a professora Narawuanda Monteiro Elias Gonzaga, enfermeira e docente do Curso de Enfermagem do Senac.

É dela a responsabilidade pelo treinamento das alunas do curso de “Cuidador de Idoso”, iniciado nesta segunda-feira. “Na primeira aula, o tema é ‘cuidando do cuidador’ e ensino às alunas questões importantes que começam com o cuidado com a saúde delas e da família, para que possam, daí em diante, ter um olhar diferenciado pelo idoso”. Na aula desta terça, Narawuanda apresentou às alunas um “simulador de idoso”, um traje especial que faz com que seja possível sentir algumas das sensações características do envelhecimento. “A visão fica prejudicada, o peso aumenta e a coluna fica mais sobrecarregada. É possível sentir como se tivesse envelhecido uns 20 anos, para que a aluna entenda o que está sendo vivido pelo idoso que ela se dispõe a tomar conta.”

Conhecimento para a vida inteira

As amigas Maria Aparecida dos Reis, Joana Cardoso e Noeli Soares de Melo Aguiar, contaram que se inscreveram no curso em busca de conhecimento não só para o campo profissional, mas também para poder cuidar de idosos da própria família. “Nunca sabemos quando vamos precisar cuidar de alguém que necessite de uma atenção maior”, destaca Joana.

Já para Sandra Paulino da Silva, que é técnica em Enfermagem, o curso proporcionará a especialização numa área que ela pretende se dedicar cada vez. “Recentemente, fiz parte de uma equipe que tomava conta de um idoso. Parei o trabalho porque a família reduziu a equipe por motivos financeiros, mas sentia a necessidade de me especializar um pouco mais”, disse ela, que aos 46 anos, se prepara para retomar a faculdade de Enfermagem. “Acho que o curso vai me ajudar a arrumar um emprego, pois vou ter como comprovar que estou preparada para atender um idoso. E conhecimento é algo que ninguém tira da gente, se leva para a vida inteira.”

Assessoria de Imprensa – FUMAS

Fotos: Fotógrafos PMJ

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/08/22/cursos-profissionalizantes-sao-oferecidos-a-moradores-do-sao-camilo/
Leia mais sobre , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br