GMJ é a única Corporação no Brasil a ter cães especializados em busca e captura

Publicada em 16/08/2017 às 17:38

Adestramento, treinamentos diários, aperfeiçoamento constante dos agentes de segurança pública, que, ao lado dos cães trabalhadores, realizam uma ação que se tornou referência no país. Esta é a rotina diária na Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) que busca a qualificação dos seus profissionais com o objetivo de garantir o bem-estar, a qualidade de vida da população jundiaiense, visando dessa forma coibir a violência e a criminalidade.

Valorizar a carreira do guarda municipal e capacitá-lo de forma permanente é um dos compromissos do governo Luiz Fernando Machado para oferecer serviços públicos de excelência, com muita seriedade e efetividade. Um trabalho que é acompanhado diariamente, in loco, pelo titular da Unidade de Gestão de Segurança municipal (UGSM), Paulo Sergio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó), para garantir uma cidade mais segura.

Sendo assim, o Canil da GMJ participou de mais uma etapa para a certificação de seus cães nos trabalhos considerados especializados para a busca e captura de pessoas. Inicialmente neste ano foi o cão Ozzy; agora é a vez de Sadan que acaba de conquistar o diferencial durante a prova para a  modalidade mantrailing que integra o quinto módulo promovido pelo Grupo de Busca e Resgate Sul Paulista – GBR, realizado em Araçoiaba da Serra (SP), ministrada pela Confederação Brasileira de Cinofilia – CBKC para a certificação de cães trabalhadores. Além do Ozzy e Sadan, mais um cão da região Sul está entre os três certificados.

Coordenados pelo chefe do Canil, o inspetor Alceu Marestoni, e o responsável operacional GM Márcio Cristiano Camargo, os guardas municipais Marçal Bonança e Gildomar N. dos Santos Jr. foram colocados à prova com o pastor belga Malinois k9 Sadan, em duas situações distintas: a primeira, quando se oferta o odor de um indivíduo, percorrendo-se uma trilha de 400 metros onde são posicionadas outras pessoas para confundir o cão – sendo que o mesmo deve percorrer a trilha e indicar para o condutor a pessoa certa. E finalmente coloca-se o odor de um indivíduo que nunca esteve no local. Dessa forma, o cão fará a indicação ao condutor do local onde se encontra o “suspeito”; os mesmos procedimentos são utilizados para pessoas desaparecidas que precisam ser encontradas, identificadas e conduzidas novamente ao convívio familiar.

Segundo o responsável operacional, o Canil já contava com o cão Ozzy, também certificado no mantrailing e que já havia sido empregado com sucesso em caso da captura de um suspeito, levando-o à prisão. Agora Ozzy e Sadan trabalharão em equipes e horários diferentes, prontos para o reforço no atendimento às mais diversas ocorrências policiais.

Atuação

Criado há 14 anos, o Canil da Guarda Municipal de Jundiaí hoje conta uma equipe formada por 25 agentes de segurança pública que atuam na condução dos 16 cães trabalhadores das raças rottweiler, labrador e pastor belga Malinois. Os treinamentos ocorrem diariamente no período da manhã. O setor encontra-se à disposição para visitas com agendamento prévio.

Assessoria de Imprensa GMJ

Foto: Assessoria de Imprensa GMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/08/16/gmj-e-a-unica-corporacao-no-brasil-a-ter-caes-especializados-em-busca-e-captura/
Leia mais sobre , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br