Curso de Eletricista é preenchido em tempo recorde

Publicada em 24/07/2017 às 15:32

Eram 4h da manhã desta segunda-feira (24) quando Ailton Ramos dos Santos chegou ao Fundo Social de Solidariedade (Funss) para inscrever-se no curso de Eletricista. Desempregado, casado e pai de dois filhos, ele viu na qualificação profissional a chance de melhorar a vida da família. “Tentei participar das outras turmas, mas as vagas foram preenchidas antes mesmo de eu chegar. Desta vez, pensei em até dormir na fila, porém, a minha esposa não deixou” disse. Morador na Vila Ana, Ailton foi o primeiro a preencher a ficha e já faz planos com a oportunidade: “Minha função sempre foi assistente de eletricista. Agora, quero voltar ao mercado de trabalho como oficial e com a possibilidade de um salário melhor”.

André Zanelato, de 33 anos, chegou às 5h30 e pegou a senha de número três. Motorista de carga perigosa, ele sonha com um emprego mais seguro e com qualidade de vida: “Minha ideia é empreender como ‘marido de aluguel’ e trabalhar com horários agendados. Estou muito contente que consegui uma vaga”. Desempregado e fazendo bicos como motoboy, Thiago Merighi também sonha em ter a motocicleta apenas para passeio. “É tão difícil encontrar motoristas conscientes no trânsito que prefiro trabalhar com outra coisa a me machucar sério ou perder a vida por tão pouco. Por isso, o curso foi minha opção nesta busca por um novo emprego”, disse ele.

As vagas e a lista de espera foram totalmente preenchidas antes mesmo das 9h. Serralheiro industrial, Paulo Alexandre Martinazzo Junior também conseguiu se inscrever: “Estou desempregado há quase dois anos, faço bicos de motoboy e preciso ter uma fonte de renda. Com esta oportunidade de estudar, fico confiante que vou conseguir transformar a minha vida”. A história do Maurício Popielysrko é semelhante: desempregado há mais de um ano e meio. Se antes o trabalho como técnico em eletrônica era responsável por manter a casa, hoje são os serviços gerais que o ajudam no final do mês. “Comecei a seguir a página do Funss na rede social e fiquei sabendo do curso gratuito. Não tenho dúvida de que aprender sobre elétrica vai me ajudar e, quem sabe, até aumentar o volume de agendamentos”, disse.

Qualificação para crescer

Em sua sexta turma, o curso de Eletricista do Fundo Social ofereceu mais 20 vagas para pessoas com 18 anos ou mais, Ensino Fundamental completo e residentes em Jundiaí. O rápido preenchimento das inscrições é reflexo do interesse e, principalmente, da necessidade da qualificação profissional. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e competitivo. Nosso objetivo é proporcionar ferramentas para que as pessoas consigam se destacar na busca por um emprego”, explicou Vanessa Machado, presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Assessoria de Imprensa

Foto: Fotógrafos PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/07/24/curso-de-eletricista-e-preenchido-em-tempo-recorde/
Leia mais sobre , , , , , , , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br