Centro de Odontologia realiza primeiro tratamento em paciente especial

Publicada em 18/07/2017 às 17:47

O prazer de poder degustar um chocolate até o fim, a alegria de dormir uma noite inteira sem sentir dor de dente, a volta do sorriso largo sem a vergonha dos dentes quebrados. É assim que a jovem Sara Jade Carvalho de Oliveira, 23 anos, aguarda no quarto do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HCSVP) a alta da equipe médica e o tão esperado retorno para casa. Portadora de paralisia cerebral, Sara é a primeira paciente especial de Jundiaí a receber um tratamento odontológico completo no Centro de Especialidade de Odontologia (CEO), da Unidade de Gestão de Promoção de Saúde (UGPS)

Segundo a mãe de Sara, Fabiane de Carvalho, há mais de três anos, ela busca junto a um convênio particular o tratamento odontológico capaz de aliviar as dores da filha. Com um custo estimado em mais de R$ 7 mil, o pedido foi recusado inúmeras vezes e Fabiane decidiu recorrer ao poder público. “Quando procurei o SUS (Sistema Único de Saúde) não imaginava que pudesse ser tão bem atendida. Só de imaginar que minha filha não vai mais sentir dor nem salivar quando alguém estiver comendo um doce. É uma sensação que não tem preço”, declara.

De acordo com a gerente do CEO, Camila Barbirato Moreira, o final feliz da história de Sara representa um marco no atendimento prestado pela especialidade hoje no município. “Até aqui esta parcela da população composta por pacientes especiais recebia da rede de atenção básica parte do tratamento odontológico. Agora, conseguimos ofertar um tratamento que garante não apenas saúde, mas principalmente qualidade de vida aos usuários”, explica.

Atualmente, existe uma fila de 15 pacientes que, assim como Sara, aguardam para receber o atendimento odontológico. Segundo o gestor de Saúde, Vagner Vilela, a UGPS tem trabalhado para manter uma estrutura capaz de atender toda a demanda que venha a surgir. “A nossa filosofia e o compromisso desta gestão é garantir o acesso ao serviço de saúde que permita a qualidade de vida a todos indistintamente”, reforça.

Responsável pelo tratamento de Sara, que aconteceu na manhã desta terça-feira (18), Gerusa Moura, que é especialista em odontologia para pacientes com necessidades especiais e odontologia especial, precisou de duas horas para concluir todo o procedimento. Segundo ela, foram 13 restaurações, três extrações de dentes, tratamento periodontal e estético. “O problema da Sara impede que a escovação ocorra corretamente e as cáries inevitavelmente surgem, assim como os problemas nas gengivas. Recentemente, a jovem sofreu uma queda e perdeu parte de dois dentes da frente, que pudemos ser restaurados”, explica.

Em um paciente convencional, estes procedimentos não precisariam ser feitos todos de uma única vez. Além disso, a cadeira comum do dentista seria suficiente. “Para atender a pacientes especiais, foi preciso o deslocamento do equipamento para o hospital, incluindo instrumentos e material restaurador, além da aplicação da anestesia geral e do apoio de uma equipe hospitalar”, completa Gerusa.

Para o coordenador do setor de odontologia do São Vicente, José Antônio Kachan Júnior, a conquista representa a volta da parceria entre a prefeitura e o hospital. “Sempre foi vontade desta instituição de saúde manter as portas abertas para trabalhar junto com o poder público e a favor da população. Nosso desejo é que esta parceria tenha vida longa”. Parceria que aqui coube ao São Vicente ceder, além do espaço para receber o equipamento, o reforço de equipe de profissionais e apoio técnico.

O procedimento teve o apoio do cirurgião bucomaxilo Luiz Carlos Trifilio, da auxiliar bucomaxilo, Fernanda Mattos. Do CEO participou do tratamento odontológico Ligia Del Arco Pignatta Cunha.

Assessoria de Imprensa

Fotos: Prefeitura de Jundiaí 

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/07/18/centro-de-odontologia-realiza-primeiro-tratamento-em-paciente-especial/
Leia mais sobre , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br