Fundo Social forma primeira turma de Eletricista

Publicada em 05/07/2017 às 15:49

Para aqueles que pensam que o curso de Eletricista do Fundo Social de Solidariedade é voltado apenas para homens, Ponitari Assis Caetano da Silva deixou o recado: “É preciso acabar com o preconceito de que determinada função é para um perfil e não para outro. Quando capacitados, todos devem ter a mesma oportunidade”. A jovem, que cursa o 5º ano do curso de Engenharia Elétrica em uma faculdade em Jundiaí, concluiu hoje o módulo oferecido de graça, em parceria com o Centro Paula Souza e a ETEC Benedito Storani. “Lá eu vejo mais a parte teórica e aqui, finalmente, pude praticar todo o conhecimento adquirido. Estou muito feliz com a oportunidade de me aprimorar”, disse ela.

Quem também ficou satisfeito com o curso foi o Uelber Santos, de apenas 22 anos. Com o Ensino Médio completo, o rapaz viu no Fundo Social a chance de começar a se qualificar. “Ainda não posso custear uma faculdade porque estou sem emprego. Este curso, além de me apresentar uma nova área, pode também me abrir portas para o mercado de trabalho”, contou. O Josué Pires Gomes, de 50 anos, está desempregado há seis meses. Técnico em química, ele falou da expectativa: “São novos desafios e me sinto preparado para começar tudo de novo”.

Ponitari, Uelber e Josué fizeram parte da primeira turma de Eletricista formada pelo Fundo Social de Solidariedade, em 2017. No total, 26 alunos concluíram o curso oferecido por 30 dias. A cerimônia de formatura contou com a presença da diretora da ETEC Benedito Storani, Fabiana Lourençon, e da coordenadora da Unidade de Formação Inicial e Educação Continuada (Ufiec) do Centro Paula Souza, Clara Maria de Souza Magalhães. “Eu fico muito à vontade quando venho até Jundiaí porque aqui conseguimos comprimir a nossa missão de formação. Isso acontece porque, agora, o município mostra interesse em receber a nossa colaboração”, disse Clara.

No evento, o prefeito Luiz Fernando Machado destacou que os esforços do novo governo estão voltados para a geração de emprego e renda: “Eu costumo dizer que podemos ser o que desejamos ser, que somos do tamanho do nosso sonho. Vocês buscaram crescer por meio da qualificação profissional. Eu não tenho dúvidas de que vocês farão a diferença quando o Brasil voltar a trilhar o caminho do desenvolvimento”.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Jundiaí, Vanessa Machado, destacou que novos cursos devem ser realizados ao longo de todo o ano. “Hoje, abrimos inscrições para outras modalidades e as vagas foram preenchidas em poucas horas. Isso mostra a necessidade das nossas famílias e a importância da promoção de novas oportunidades”, disse Vanessa.

Assessoria de Imprensa

Fotos: Fotógrafos PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/07/05/fundo-social-forma-primeira-turma-de-eletricista/
Leia mais sobre , , , , , , , , , , , , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br