Além de ambulâncias, SAMU deve receber outras melhorias

Publicada em 27/06/2017 às 17:48

Ao entregar a primeira das duas ambulâncias de suporte básico, locadas em caráter de urgência para integrar a frota do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – nesta terça-feira(27),  o prefeito Luiz Fernando Machado garantiu que a busca de um novo espaço físico para abrigar com qualidade o profissional que atua nesse serviço passa a ser prioridade.

“Visitei  o atual espaço  utilizado pela equipe e não posso permitir que os profissionais continuem lá. A situação  é precária,  há degradação em todo prédio e se pensarmos em questões de logística, o local apresenta vários problemas, já que naquela região da cidade (Ponte São João), em alguns horários, temos o estrangulamento do trânsito o que acaba dificultando a saída das ambulâncias”, destacou o prefeito.

Para o gestor de Promoção da Saúde,  Vagner Vilela, o SAMU desenvolve um trabalho essencial à população, mas, hoje, necessitando de melhorias em sua infraestrutura. “Muitas vidas são salvas graças a este primeiro atendimento. Daí a importância de investirmos neste serviço de emergência” essa mudança de local já vem sendo estudada e existe uma preocupação de abrigar a sede do SAMU em prédio próprio, para assim evitar os custos de aluguel. Estamos conversando com o dr. Adyr Bastos, coordenador de Urgência e Emergência do município, bem como com o médico Mário Jorge de Castro Kodama, coordenador do SAMU para que um novo espaço que atenda as necessidades do setor seja encontrado”, explicou.

A UGPS vai investir para a locação emergencial de cada uma das ambulâncias R$ 10.200, totalizando ao final do mês, R$ 20.400.

Reforço no atendimento

O SAMU de Jundiaí, que atende, atualmente, com quatro ambulâncias, passa nesta semana a contar com a primeira das ambulâncias locadas pela Unidade de Gestão da Promoção da Saúde (UGPS) e em até 15 dias com a segunda. As duas unidades serão integradas ao atendimento de suporte básico por até três meses. Durante este período, a Prefeitura acredita que o Ministério da Saúde entregue as três viaturas adquiridas com recurso da União, por meio de uma emenda parlamentar. De acordo com o cronograma, a empresa fornecedora já concedeu as ambulâncias, faltando apenas a assinatura para a liberação.

Segundo o médico coordenador do SAMU de Jundiaí, Mário Jorge, a chegada das novas viaturas vai permitir melhorar a qualidade do atendimento à população, além de gerar uma economia, já que as viaturas hoje exigem manutenção frequente”.

A equipe do SAMU Jundiaí  é composta por 29 médicos,  7 enfermeiros, 21 técnicos de enfermagem e 24 socorristas(motoristas). Em média, por dia, o SAMU Jundiaí atende de 85 a 90 ocorrências, podendo esse número aumentar às sextas, sábados, aos domingos, além de feriados e datas festivas. No mês, o serviço 192 recebe em média 2.400 ligações, sendo que dessas, 1.400 são realmente para a competência da equipe, com saída da ambulância da base. As demais são atendidas pelos médicos do plantão (sempre 3 em regime de 24 horas), que realizam o atendimento por telefone, pois tratam-se de orientações quanto a uso de medicação ou tratamento, dúvidas que podem ser sanadas durante uma conversa, seguindo-se de um protocolo de atendimento.

Assessoria de Imprensa

Foto: Prefeitura de Jundiaí

 

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/06/27/alem-de-ambulancias-samu-deve-receber-outras-melhorias/
Leia mais sobre , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br