Zoonoses realiza diagnóstico situacional de saúde

Publicada em 01/06/2017 às 19:38

Com o objetivo de levantar a vulnerabilidade de moradores do Parque Centenário e Jardim Novo Horizonte, a Unidade de Gestão de Promoção de Saúde (UGPS), por meio do setor de Vigilância de Zoonoses, realiza, desde a segunda quinzena de maio, um diagnóstico situacional do território de saúde.

Por meio de visitas casa a casa, agentes da Zoonoses verificam desde a presença de animais até as condições dos imóveis, a avaliação do ambiente e os possíveis agravos, como presença de roedores, criadouros do mosquito Aedes aegypti, lixo depositado em local indevido e água acumulada.

De acordo com o gerente da Zoonoses, Carlos Ozahata, concluído este trabalho de campo, começa a etapa de tabulação e  cruzamento com dados apontados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Queremos conhecer o território para, a partir daí, direcionarmos as ações de Atenção Básica, assim com desenvolvermos campanhas preventivas”, adianta.

Ozahata explica ainda que os bairros foram escolhidos por apresentarem características semelhantes. “São dois locais com a mesma infraestrutura sanitária e cujos moradores possuem similares condições socioeconômicas”, explica.

Moradora do Jardim Novo Horizonte, Zorati Rodrigues vive há 40 anos no bairro e cuida do quintal da sua casa da mesma forma como zela pelo terreno baldio que corta o bairro. Ao abrir a porta da sua casa para a agente da Zoonoses, ela elogiou a iniciativa. “Acho muito importante este trabalho de conhecer a nossa realidade e nos orientar sobre o que precisamos fazer para garantir a saúde da nossa família”, defende.

A agente de Zoonoses, Maria Ivone Silano de Melo, revela que o maior problema detectado até o momento no Jardim Novo Horizonte continua sendo o lixo, apesar do ecoponto instalado pela Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos. “A população ainda não entendeu que o descarte incorreto do lixo pode provocar doenças sérias”, revela.

O diagnóstico situacional do território de saúde ainda é um projeto piloto que começou pelo Parque Centenário e Jardim Novo Horizonte, mas deve ser ampliado para toda a cidade. “A proposta é conhecer a vulnerabilidade de toda a cidade. Somente assim conseguiremos atuar na prevenção correta da população”, conclui.

-Assessoria de Imprensa-

Fotos: Prefeitura de Jundiaí



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/06/01/zoonoses-realiza-diagnostico-situacional-de-saude/
Leia mais sobre , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br