Orquestra Municipal leva música clássica aos bairros

Publicada em 01/06/2017 às 18:04

Jheniffer Ortiz dos Santos tem 21 anos e participa do ministério de música como salmista na paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Novo Horizonte, bairro em que mora. Além das missas, a paróquia irá receber um concerto da Orquestra Municipal de Jundiaí (OMJ) neste domingo (4), às 19h30 (após a missa, que começa uma hora antes) e isso despertou o interesse de Jheniffer, que teve seu primeiro contato com a música aos sete anos, já estudou canto coral e erudito e ainda toca violão.

A terceira apresentação da temporada da Orquestra tem seu concerto no Teatro Polytheama neste sábado (3), às 20h, com a repetição no Novo Horizonte no domingo (4) e na paróquia Nossa Senhora do Montenegro (Jardim do Lago), na terça-feira (6), às 19h30, descentralizando o acesso da população às atividades culturais na cidade.

Tal descentralização é vista por Jheniffer como algo bastante positivo e imagina que isso possa criar um público que passe a apreciar música clássica e a frequentar mais as apresentações da Orquestra. “O que chama a atenção com a vinda desse concerto é que este talvez fosse o último lugar a que alguém pensaria em trazer música clássica. Isso irá, pelo menos, despertar uma curiosidade e a apreciação por esse tipo de música.”

“Não é a primeira vez que a Orquestra faz apresentações nos bairros”, afirma a regente, Cláudia Feres, que visitou e escolheu os espaços mais adequados para as apresentações. “Desta vez selecionamos lugares afastados do Centro, para que a música chegue também à população que mora mais longe. E a ideia é repetirmos isso nas próximas apresentações da temporada”.

Programa

Segundo Feres, o programa desta vez envolve repertório de inspiração barroca, mas conta com obras de múltiplas origens. “E o grande destaque é também a participação do chefe de segundos violinos Cleber Albuquerque”. Fazem parte do repertório: o “Concerto Grosso para cordas” de linguagem neo-romântica do compositor americano Vittorio Giannini, uma releitura do trabalho de Remo Giazotto sobre o “Adagio em sol menor” de Tomaso Albioni; e de Ottorino Respighi sobre compositores dos séculos 16 e 17 em “Danças e Árias antigas para alaúde”. Cleber Albuquerque será solista na obra “Chaconne em sol menor”, de Tomaso Vitali.

Os ingressos são gratuitos. Para a apresentação no Teatro Polytheama, no entanto, os ingressos começam a ser distribuídos um dia antes, ou seja, na sexta-feira (2), e limitam-se a quatro por pessoa que for retirá-los. Já nas paróquias, as apresentações serão feitas nas igrejas e vêm logo após as missas e celebrações.

Serviço

Apresentação no Teatro Polytheama
Data: 3 de junho
Horário: 20h
Endereço: rua Barão de Jundiaí, 176, Centro

Apresentação na Paróquia Nossa Senhora Aparecida
Data: 4 de junho
Horário: 19h30
Endereço: Estrada Municipal do Varjão, 5650,

Apresentação Paróquia Nossa Senhora do Montenegro
Data: 6 de junho
Horário: 19h30
Endereço: Rua Pedro Pessini, s/n°, Jardim do Lago

Assessoria de Imprensa



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/06/01/orquestra-municipal-leva-musica-classica-aos-bairros/
Leia mais sobre , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br