Divisão Florestal participa de Brigada de Incêndio na Fazenda Ermida

Publicada em 24/05/2017 às 18:23

Com o objetivo de capacitar e atualizar profissionais para realizar atendimento em situação de emergência – especificamente em fogo/incêndio na mata nativa e principalmente na área compreendida pela Serra do Japi – a Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ) participou pelo quarto ano consecutivo da iniciativa realizada em parceria com a Fundação Antonio-Antonieta Cintra Gordinho (Faacg), no Auditório Egberto Lacerda Teixeira – Centro Cultural Fazenda Ermida -, e que integra as ações da Política Ambiental da instituição. Uma iniciativa que cumpre as definições da atual Administração municipal de intensificar a fiscalização na reserva natural, promovendo ações de educação ambiental que visem o combate ao uso indevido do fogo, com policiamento ostensivo junto às áreas vulneráveis e de maior criticabilidade, acompanhando os efeitos das mudanças climáticas que acabam provocando as queimadas, e também numa ocorrência de queda de balão, tanto na reserva ambiental como também nas propriedades circunvizinhas.

Responsável pelo setor da GMJ, o inspetor Paulo Vicente Soares e a diretora geral da Faacg, Patrícia Razza, fizeram a abertura do evento, que contou com as presenças do comandante da GMJ, inspetor Cláudio Ferigato; o vereador Faouaz Taha (Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Jundiaí) e profissionais das fazendas próximas.

A proposta também contou com a participação da veterinária Cristina Harumi Adania – coordenadora de Fauna da Associação Mata Ciliar; o tenente Ricardo Domingues, da Projeted – Centro de Treinamento e Prevenção; e Cândido Simões, da Guarany – equipamentos para combate a incêndio. “É preciso tocar as pessoas no que diz respeito à conscientização sobre a preservação das espécies, muitas já em extinção”, alertou a médica veterinária.

Teoria e prática abordaram itens importantes sobre como ir ao combate contra o fogo com profissionais devidamente preparados, portando equipamentos de proteção individual (EPIs) apropriados para as intervenções, subordinados a uma liderança com apoio físico e logístico, colocando em ação os planos emergenciais, inclusive com a prestação dos primeiros socorros, em caso de acidentados e para o resgate de animais ameaçados pelo fogo. O inspetor Soares destacou a criação em 2014 do Grupo de Combate a Incêndios Florestais (GCIF) da GMJ, especializado em preservação ambiental.

A diretora Patrícia Razza destacou a importância da realização do evento. “É fundamental a parceria da Fundação com a Guarda Municipal de Jundiaí, a responsabilidade de cada um de nós como multiplicadores da importância e necessidade de se proteger e preservar as matas, principalmente a Serra do Japi. Abrimos este espaço para debates e qualificação profissional pois estamos empenhados na conscientização sobre as causas relacionadas ao meio ambiente. A Fundação abraça esta causa que acima de tudo é educacional, sempre em parceria com a Guarda Municipal.”

Assessoria de Imprensa GMJ

Fotos: Divulgação



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/05/24/divisao-florestal-participa-de-brigada-de-incendio-na-fazenda-ermida/
Leia mais sobre , , , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br