Vacina contra a Influenza é a forma mais eficaz de prevenção

Publicada em 17/04/2017 às 17:48

Teve início nesta segunda-feira (17) e deve prosseguir até o dia 26 de maio, a Campanha de Vacinação contra a Influenza. As baixas temperaturas, que se tornam frequentes a partir de agora, criam um ambiente propício para a incidência da gripe. A novidade este ano é que a vacina disponível pelo SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circulam no país: A/H1N1. A/H3N2 e Influenza B.

Todo ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) faz uma previsão de quais serão os vírus Influenza que devem circular no inverno do hemisfério norte e do hemisfério sul com base em amostras de pacientes coletadas em centros sentinela distribuídos em todo o mundo.

Independentemente de a composição da vacina de gripe mudar de um ano para o outro, os grupos mais vulneráveis (idosos com 60 anos ou mais, gestantes em qualquer período gestacional, crianças de 6 meses a 4 anos e puérperas) devem se vacinar todos os anos. Isso porque, mesmo quando as cepas dos vírus permanecem as mesmas, a quantidade de anticorpos diminui ao longo dos meses, reduzindo o grau de proteção.

Além de diminuir o impacto epidemiológico, novos estudos mostram que o vírus influenza está relacionado a uma série de complicações, como pneumonia e doenças cardíacas. Portanto, ao tomar a vacina, você não apenas se protege da gripe, mas evita quadros mais graves relacionados com hospitalização e morte. Um segundo ponto é a importância social, visto que, ao tomar a vacina, a pessoa diminui a circulação do agente infeccioso e evita que ele seja transmitido ao redor.

Cronograma

O novo cronograma de vacinação terá continuidade com a seguinte programação:

A partir de 24 de abril – Gestantes (em qualquer período gestacional), puérperas (até 45 dias após o parto) e crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias;

A partir de 2 de maio – Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, conforme quadro abaixo (esses pacientes devem apresentar a prescrição médica com motivo da indicação ou CID para a aplicação da vacina);

A partir de 8 de maio – Professores (mediante apresentação de documento que comprove a profissão);

Para o grupo de risco, a vacina estará disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégia de Saúde da Família (ESF), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30.

No dia 13 de maio, ‘Dia D’ da campanha, a vacinação será nas UBSs do Agapeama, Central, Jardim Guanabara, Vila Hortolândia, Morada das Vinhas, Jardim Novo Horizonte, Vila Rami, Jardim Tamoio e Jardim Tarumã e Jardim Novo Horizonte, das 8h às 17h.

Assessoria de Imprensa



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/04/17/vacina-contra-a-influenza-e-a-forma-mais-eficaz-de-prevencao/
Leia mais sobre , , , ,

Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br