Prefeitura e Estado se unem no combate ao Aedes aegypti

Publicada em 17/04/2017 às 17:18

A Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) estará realizando, durante todos os sábados de abril, vistoria em imóveis de bairros onde o Índice de Breateau (relação da quantidade de insetos em fase de desenvolvimento encontrados nas habitações humanas pela quantidade de total vistoriada) aponta maior incidência do criadouro do mosquito Aedes aegypti.

Denominado “Todos Juntos contra o Aedes”, o programa está sendo desenvolvido em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e permite a visita a imóveis que durante a semana estão fechados e vazios. “Neste sentido, estamos muito satisfeitos com a recepção das pessoas”, diz a biomédica da Unidade de Vigilância de Zoonoses, Ana Lúcia de Castro.

Se por um lado, a entrada nas residências tem acontecido com facilidade, o que os agentes da Zoonoses tem verificado não agrada tanto assim. “Continuamos encontrando muitos criadouros do mosquito, o que mostra que as pessoas ainda não se conscientizaram na importância de cuidar de suas casas”, alerta Ana Lúcia.

Nos três primeiros sábados de abril, foram vistoriados mais de 1,6 mil residências no bairros do Jardim Guanabara,Vila Espéria, Parque Brasília, Vila Alvorada, Jundiainópolis, Nova Jundiainópolis, Jardim Caçula, Jardim Itália, Jardim Lírio, Vila Aparecida. Destes, foram coletadas 32 amostras do mosquito.

“Em alguns casos, quando o foco for grande, estamos retornando ao local para saber se o munícipe tomou as providências necessárias para evitar o surgimento do Aedes aegypti”, explica Ana Lúcia. Ainda não foi confirmado, mas se o Estado decidir dar continuidade, o município continuará as vistorias.

Assessoria de Imprensa



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/04/17/prefeitura-e-estado-se-unem-no-combate-ao-aedes-aegypti/
Leia mais sobre , , , , ,

Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br