Secretaria de Saúde do Estado altera cronograma de vacinação contra a Influenza A(H1N1)

Publicada em 12/04/2017 às 18:11

A Unidade de Promoção da Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que por determinação da Secretaria Estadual de Saúde o cronograma da Campanha de Vacinação contra a Influenza A (H1N1), a ser realizada de 17 de abril a 26 de maio, sofrerá alteração. Assim, a partir de 17 de abril (segunda-feira), serão vacinados os idosos com 60 anos ou mais (inclusive os que completam 60 anos até o dia 31/12/2017) e profissionais de saúde (mediante apresentação de documento que comprove a profissão).

O novo cronograma de vacinação terá continuidade com a seguinte programação:

A partir de 24 de abril – Gestantes (em qualquer período gestacional), puérperas (até 45 dias após o parto) e crianças de 06 meses a 04 anos, 11 meses e 29 dias.

A partir de 2 de maio – Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, conforme quadro abaixo (esses pacientes devem apresentar a prescrição médica com motivo da indicação ou CID para a aplicação da vacina).

A partir de 8 de maio – Professores (mediante apresentação de documento que comprove a profissão).

Para o grupo de risco, a vacina estará disponível  em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégia de Saúde da Família (ESF), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30.

No dia 13 de maio, ‘Dia D’ da campanha, a vacinação será nas UBSs do Agapeama, Central, Jardim Guanabara, Vila Hortolândia, Morada das Vinhas, Jardim Novo Horizonte, Vila Rami, Jardim Tamoio e Jardim tarumã e Jardim Novo Horizonte, das 8h às 17h.

 

Prevenção

A transmissão dos vírus influenza ocorre pelo contato com secreções das vias respiratórias que são eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como formas de prevenção: lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto e não compartilhar objetos de uso pessoal, entre outros.

A vacina contra a gripe não é capaz de eliminar a doença ou impedir a circulação do vírus. Por isso, as medidas de prevenção são tão importantes, particularmente durante o período de maior circulação viral, que é entre os meses de junho e agosto.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o serviço médico.
Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Assessoria de Imprensa

 

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/04/12/secretaria-de-saude-do-estado-altera-cronograma-de-vacinacao-contra-a-influenza-ah1n1/
Leia mais sobre , , ,

Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br