Plano de recuperação dos terminais começa com a retirada das gaiolas

Publicada em 07/04/2017 às 18:48

Em cumprimento aos compromissos assumidos pelo prefeito Luiz Fernando Machado no início da sua gestão, a Unidade de Mobilidade e Transporte está dando início ao plano de recuperação dos terminais, devido ao estado precário em que se encontram. E a primeira ação a ser realizada é a retirada das gaiolas dos sete terminais urbanos de Jundiaí, instaladas no ano passado.

Essa medida visa a ampliar o uso do Bilhete Único pelos passageiros que pagam a tarifa em dinheiro, pois o desconto é significativo e derruba a passagem de R$ 3,80 para R$ 3,00. “Os R$ 0,80 de desconto representam cerca de R$ 50,00 ao final de um mês. Portanto, para apoiar os passageiros que ainda não têm o cartão de embarque, a Unidade deu início nesta quinta-feira (6) a distribuição de 4 mil cartões do Bilhete Único, nos próprios terminais”, destaca o gestor Silvestre Ribeiro.

Os cartões provisórios entregues no momento do cadastro deverão ser carregados para serem utilizados enquanto se aguarda o cartão definitivo, assegurando, dessa forma, o desconto de R$ 0,80 por viagem. “Cerca de 97% do sistema já utiliza o Bilhete Único com benefício do desconto de 21%. A meta é universalizar a sua utilização’’, ressalta Silvestre. Durante a entrega dos cartões, os usuários serão informados dessa sistemática que, brevemente, deverá evoluir para um aplicativo disponibilizado no celular do usuário, para facilitar ainda mais a sua vida.

Segundo Silvestre, está previsto para daqui a quatro meses, a implantação de um aplicativo que usa um código de reconhecimento chamado QR Code, em complemento ao Bilhete Único. “O QR Code será facilmente impresso em pontos comerciais da cidade, sem transtornos para os usuários, com possibilidade de uso inclusive do celular, como já ocorre com alguns cartões de crédito. Ele também poderá ser adquirido pela internet”, acrescenta o gestor. A previsão das concessionárias é de investir R$ 700 mil para implantação deste sistema.

Além da retirada das gaiolas, a Unidade realizará uma série de outras medidas, dentro deste plano de ação de recuperação dos terminais para melhorar esses espaços, como, por exemplo, o reparo dos telhados, instalação de câmeras de vigilância, concessão de espaço para lanchonete, melhoria da limpeza, atividades de grafitagem dos espaços por artistas da cidade, etc. Recentemente os terminais passaram por uma desinsetização e por lavagem das estruturas, que estavam precárias.

Outras medidas deste plano, de caráter mais estruturante, serão detalhadas posteriormente, como a implantação de GPS (sistema de localização) nos ônibus, que já estão em curso, e  permitirá ao passageiro receber informações do tempo de viagem e da rota a ser percorrida, permitindo maior pontualidade, inicialmente na partida. Também já está em curso alguns rearranjos de linhas, que servem para redimensionar a rede, com base na Pesquisa de Origem – Destino, realizada em 2014, pela CPTM, nas cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí”, adianta Silvestre.

Assessoria de Imprensa

Foto: Fotógrafos da PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/04/07/plano-de-recuperacao-dos-terminais-comeca-com-a-retirada-das-gaiolas/
Leia mais sobre , , , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br