Unidade de Serviços desativa mais um ponto de descarte irregular

Publicada em 27/03/2017 às 18:42

Sofá, colchão e até um aparelho de televisão foram encontrados pela equipe da Unidade de Infraestrutura e Serviços Públicos no Ponto de Entrega Voluntária (PEV) do Residencial Jundiaí. O espaço começou a ser limpo na manhã desta segunda-feira (27) sendo, em seguida, desativado, a exemplo do que já aconteceu com os dois PEVs do bairro do Ivoturucaia.

As mais de 15 toneladas, entre lixo e entulho, descartados de forma irregular serão destinados ao Centro de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (Geresol). “O próximo passo deste trabalho será delimitar a área e intensificar a fiscalização para que o terreno não volte a ser um depósito de lixo”, explica o diretor técnico, Marcio Alberto Moraes.

A expectativa da Unidade de Serviços é desativar os 16 PEVs espalhados pela cidade em até dois meses. “O descarte de lixo feito de forma descontrolada tem sido uma das principais reclamações dos moradores, além de causar poluição visual, aumentar a incidência de doenças e prejudicar o meio ambiente”, enumera o diretor.

A região do Residencial Jundiaí abriga outro PEV que será desativado, tão logo seja concluída a construção do Ecoponto. “Optamos por desocupar primeiramente esta área, pois fica em um local ermo e mais distante, o que dificulta inclusive a fiscalização. O PEV que permanece na região deve servir apenas para o depósito de restos de materiais da construção civil, mas também será desativado.

Educação ambiental
Dentro da proposta do Projeto Nakopa (sigla em alemão para “Novas parcerias para o desenvolvimento sustentável”), que prevê o aperfeiçoamento da gestão sustentável dos resíduos em Jundiaí, três workshops serão realizados em escolas da rede municipal de ensino na região do Residencial Jundiaí. “Esta frente de trabalho inclui visitações dos alunos ao Geresol e, consequentemente, a consolidação das crianças como multiplicadores de informações”, diz Moraes.

Um material educacional será desenvolvido para orientar a população sobre a melhor forma de descartar o lixo, os horários do Cata-Treco, entre outras informações relevantes sobre o assunto. “Não basta desativar os PEVs e fiscalizar. O cidadão precisa criar uma consciência verde”.

Paralelo à elaboração do material educacional e da formação dos multiplicadores de informações, a Unidade fará uma pesquisa de campo visando a um levantamento ambiental. “Será uma pesquisa por amostragem realizada em um perímetro urbano pré-definido e que nos dará os nortes do melhor trabalho de descartes a ser adotado”, finaliza.

Assessoria de Imprensa

Fotos: Fotógrafos PMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2017/03/27/unidade-de-servicos-desativa-mais-um-ponto-de-descarte-irregular/
Leia mais sobre , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br