Site da Prefeitura oferece link para registrar denúncias contra maus tratos de animais

Publicada em 12/12/2016 às 16:15

Jundiaí ganha mais uma ferramenta para que os crimes contra animais sejam denunciados e apurados. Trata-se da Delegacia Eletrônica de Proteção Animal (Depa), um site em que as pessoas podem registrar denúncias contra abusos ou maus tratos praticados.

O site da Prefeitura de Jundiaí já colocou à disposição dos usuários o link para mais essa ferramenta – benefício criado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e que conta com a integração entre as prefeituras na divulgação e popularização da ferramenta.

É simples acessar o novo site: na página principal do portal da Prefeitura de Jundiaí, vá na barra lateral direita de banners e clique em “Delegacia Eletrônica”. Depois, basta acessar o link que leva à Delegacia Eletrônica da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

No site do Governo Estadual, procure pela barra lateral direita, em “selecione a ocorrência”, e clique em Depa – Proteção Animal. A barra também tem o desenho da patinha de um animal para facilitar a visualização. É necessário identificar-se para fazer a denúncia e o sigilo dos dados serão preservados se optar pela privacidade no momento do cadastro da denúncia.

As providências tomadas pela polícia poderão ser acompanhadas através do número de protocolo gerado após a efetivação da denúncia, juntamente com o número do CPF do denunciante informado.

Atualmente, as denúncias feitas em Jundiaí contra maus tratos a animais são registradas via 156 e encaminhadas para averiguação da Coordenadoria do Bem-Estar Animal (Cobema), órgão vinculado à secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

Segundo a supervisora de atendimento do 156, Rodinea Aparecida Galbieri, em setembro, outubro e novembro foram documentadas 81 denúncias sobre o tema (36 em setembro, 18 em outubro e 27 em novembro). “A maioria das denúncias é feita no anonimato, condição que faz com que o reclamante tenha de ir presencialmente à Prefeitura registrar a ocorrência”, conta.

A veterinária Carolina Ballarini Zetun, da Cobema, explica que, na maior parte das vezes, é feita a orientação com notificação escrita. Em episódios mais graves – geralmente os flagrantes – o próprio fiscal do órgão chega a abrir um boletim de ocorrência sobre o constatado. Para a médica, a orientação continua sendo “a abertura do boletim de ocorrência pelo próprio reclamante que flagrou o ocorrido”.

Agora, com a Depa, a apuração dos casos deverá ficar mais fácil e ágil.

Apoio à causa – Paola Fiuza da Silva já perdeu as contas de quanto tempo milita a favor da causa animal. Sabe que intensificou a atuação nos últimos dez anos. Essa mobilização envolve contribuições financeiras a pessoas e entidades e até a abrir a própria casa para servir de lar a animais à espera de adoção. “Já cheguei a sair do trabalho para ir atrás de um cão de raça que estava perdido na avenida Jundiaí. Disse que ia ao banco”, revelou sorrindo.

Paola lembra que esse caso de amor pelos animais intensificou-se quando ela resolveu adotar justamente uma pit bull – raça temida por muita gente. “Eu fui estudar a história daquele animal. É exatamente o oposto. Hoje ainda tenho quatro filhotes dela”, desmistifica. Ela ainda afirma que já acionou o canal 156 diversas vezes para relatar maus tratos.

“Acho uma ótima notícia a implementação da Depa. Poder acompanhar o passo a passo do que está sendo feito será um grande avanço. Nós precisamos de apoio e toda ajuda é fundamental e bem-vinda”, garante.

Thiago Secco



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/12/12/site-da-prefeitura-oferece-link-para-registrar-denuncias-contra-maus-tratos-de-animais/
Leia mais sobre ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br