FMJ recebe certificação em Brasília de Escola Médica Acreditada

Publicada em 07/12/2016 às 17:29

A Faculdade de Medicina de Jundiaí, representada pela coordenadora do curso médico Mônica Vanucci Lipay, recebeu, nesta quarta-feira (7), a certificação de Escola Médica Acreditada, em sessão plenária do Conselho Federal de Medicina (CFM), em Brasília. Ao todo foram 31 escolas inscritas nessa primeira etapa, 23 cursos avaliados e 19 escolas receberam o certificado.

Segundo o CFM e a Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM), em  2018 estarão em funcionamento 318 escolas de medicina, sendo assim a acreditação vem por uma tendência internacional de desenvolvimento de sistemas de acreditação.

 Para a coordenadora do curso médico, essa acreditação representa um passo importante para instituição e  os alunos. “Entramos nesse processo voluntariamente e obtivemos a primeira certificação nacional, concedida pelo CFM e pela ABEM,  o que nos coloca como um curso de referência no Brasil”. 

Uma comissão do Sistema de Acreditação do Ensino Médico (Saeme) esteve na Faculdade de Medicina de Jundiaí com o objetivo de reconhecer formalmente a qualidade dos serviços prestados pela instituição. Os representantes da FMJ preencheram um  extenso questionário e acompanharam os vistoriadores durante as visitas técnicas de quatro dias, de 17 a 20 de maio de 2016. “Essa acreditação é também um passo importante que possibilita o acesso dos nossos alunos a outros cursos acreditados no mundo”, comenta Monica.

 Para o diretor da FMJ, Edmir Américo Lourenço, essa certificação é um prêmio e resultado do esforço coletivo que reflete a qualidade do curso e o empenho de professores, alunos e funcionários. “Recebemos a notícia com muita honra e uma grande satisfação”, acrescenta.

Assessoria de imprensa FMJ



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/12/07/fmj-recebe-certificacao-em-brasilia-de-escola-medica-acreditada/
Leia mais sobre ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br