Marcha da Consciência Negra defende cotas nas ruas do Centro

Publicada em 19/11/2016 às 13:35

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado neste domingo (20), a 5ª Marcha da Consciência Negra reuniu centenas de pessoas nas ruas do Centro de Jundiaí, neste sábado (19). A atividade faz parte da programação alusiva à data, aberta com a Missa Negra, na sexta (18), que prossegue até domingo (20) com a edição especial da Feira Entorta.

“Cotas sim, por uma educação mais igualitária” foi o tema da marcha deste ano, que também tem como bandeiras a luta contra o preconceito, a discriminação e a xenofobia. Presente no ato, o prefeito Pedro Bigardi destacou a importância da iniciativa. “A prefeitura tem dado total apoio à marcha, que leva para as ruas a importância da cultura negra para nosso país, e é também um momento de reflexão dos problemas ainda existentes para que possamos superar todo tipo de desigualdade”, salientou.

Segundo um dos idealizadores da Marcha da Consciência Negra em Jundiaí, Reginaldo Manoel, o tema deste ano tem como proposta reforçar a importância do sistema de cotas raciais, previsto na lei 12.711/2012. “O sistema de cotas raciais é uma conquista, uma forma de reparação para os jovens negros em busca de igualdade”, defende.

Ao som do hino nacional brasileiro, a marcha teve como ponto de partida da Esplanada Monte Castelo (Escadão) e percorreu as ruas da região central. Organizado pelo Movimento Marcha Jundiaí, o evento contou com o apoio da Prefeitura de Jundiaí, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (Ceppir).

Feira Entorta – Neste domingo (20), Dia da Consciência Negra, a Feira Entorta ganha uma edição especial em comemoração à data. Muita música, artesanato e gastronomia com temática afro fazem parte da programação, que tem início às 16h, na Praça Erazê Martinho, com entrada é franca.

Abrindo a festa, o grupo “Blues Day”, da capital paulista, toca clássicos do blues. Em seguida, às 18h, o samba marca presença na voz do sambista João Fernandes com o show “O Velho Samba Novo”, que faz a releitura de sambas clássicos sob novos arranjos mais contemporâneos. A renomada banda “Big Chico Blues Band” sobe ao palco da Ponte Torta, às 20h, com repertório especial, que inclui muito blues e homenagem ao cantor Tim Maia. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Jundiaí, por meio da Secretaria de Cultura.

Viviane Rodrigues



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/11/19/marcha-da-consciencia-negra-defende-cotas-e-combate-o-preconceito-nas-ruas-do-centro/
Leia mais sobre , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br