Compac vai decidir sobre tombamentos de prédios históricos

Publicada em 21/10/2016 às 16:03

Após audiência pública, na última quarta-feira (19), que discutiu os tombamentos do imóvel conhecido como Casa Rosa, do Centro Esportivo Dr. Nicolino de Lucca (Bolão) e do Complexo Argos, os processos voltam ao Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac), responsável pela deliberação ou não.

Participaram da audiência pesquisadores, membros do governo, conselheiros do Compac e população em uma rica discussão acerca dos bens culturais. “A audiência tem um caráter consultivo e cumpre uma tarefa muito importante, que é a de dar amplitude às decisões, pois quem tem de dizer o que é patrimônio é a população”, afirma o presidente do Compac, Antonio Carlos Cesar Bezerra.

O secretário de Cultura, Jean Camoleze, avaliou como positiva a discussão. “Esses momentos extrapolam o processo administrativo e trazem opiniões fora da trivial análise técnica, aguçam os anseios e trabalham com o sentimento, algo muito importante para a política de preservação do patrimônio cultural”, destaca.

Após as apresentações dos pareceres, foram ouvidos cidadãos que manifestaram suas  posições sobre o tema, que serão consideradas na decisão do Compac.

Assessoria de imprensa



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/10/21/compac-vai-decidir-sobre-tombamentos-de-predios-historicos/
Leia mais sobre ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br