Cerimônia e palestra marcam abertura do ‘Outubro Rosa’

Publicada em 04/10/2016 às 16:18

Cerca de 160 pessoas participaram da solenidade de abertura da Campanha Outubro Rosa, na manhã desta terça-feira (4), no Hospital Universitário (HU). Além da cerimônia oficial com a participação de autoridades, o evento contou com a palestra do médico mastologista João Bosco Ramos Borges, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia do Estado de São Paulo. A campanha é uma parceria entre a Prefeitura de Jundiaí, por meio do Ambulatório da Mulher, da Secretaria Municipal de Saúde, e do HU.

O médico abordou a situação do câncer de mama no Brasil e em outras partes do mundo. Segundo ele, a doença tem crescido em todo o mundo. “A diferença é que nos países mais evoluídos, a mortalidade tem diminuído e nos países menos desenvolvidos, como o Brasil, tem aumentado. Por essa razão, se faz cada vez mais necessário o diagnóstico precoce, quando as chances de se combater a doença são maiores”, alertou.

Segundo Bosco, em Jundiaí há um grande avanço em termos de diagnóstico precoce. “O que se preconiza pelo sistema de saúde da cidade é que a mamografia seja feita logo aos 40 anos e que seja repetida anualmente. Em outras partes do mundo, essa indicação é a partir dos 50 anos, e pode ser muito tarde”, destacou. Ele lembrou também que atualmente cerca de 50% dos pequenos municípios do Brasil não possuem acesso ao exame de mamografia.  A melhor infraestrutura está no Estado de São Paulo, única região que no período de 1980 a 2010 teve queda no número de mortalidade decorrente do câncer de mama.

A indicação é que toda mulher, mesmo antes dos 40 anos, tenha o hábito de fazer o autoexame, que consiste em apalpar as mamas e notar se há caroços (nódulos), abaulamentos ou retrações na pele do bico do seio e secreções. O melhor período para realizar este procedimento é na semana seguinte ao término da menstruação. Qualquer anormalidade, o indicado é procurar um mastologista. No entanto, é importante dizer que 80% dos nódulos mamários são benignos e apenas uma pequena porcentagem está relacionada ao câncer.

“A melhor maneira de se evitar a doença é ter hábitos de vida saudáveis. Evitar o sobrepeso e o alcoolismo, praticar exercícios e ter uma alimentação com pouca gordura são algumas das atitudes que reduzem os riscos de desenvolver a doença”, afirmou o médico.

Durante o evento, cinco mulheres que vivenciam a doença estiveram presentes para falar de suas experiências, das dificuldades e como é possível superar o câncer de mama.

Programação continua – No dia 23 de outubro será realizada a Corrida e Caminhada Outubro Rosa e Novembro Azul. A atividade inclui não só a conscientização da prevenção do câncer de mama, mas também do câncer de próstata, cujo mês oficial é novembro. A organização é da New Time Sports, a largada será às 7h30, na avenida União dos Ferroviários, 1.760. Inscrições para participar devem ser feitas pelo sitewww.minhasinscricoes.com.br.

Assessoria de Imprensa do HU

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/10/04/cerimonia-e-palestra-marcam-abertura-do-outubro-rosa/
Leia mais sobre , , ,

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br