Escolas na região da Serra do Japi iniciam ações do Guardião Mirim

Publicada em 24/08/2016 às 17:56

Uma capacitação de educadores nesta quarta-feira (24) iniciou as ações do projeto Guardião Mirim, que serão desenvolvidas neste semestre em quatro escolas no entorno da Serra do Japi, nos bairros da Terra Nova, Jardim Martins e Vila Maringá,

O programa foi criado em uma parceria da Coordenadoria do Bem-Estar Animal (Cobema), vinculada à Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, com o Núcleo de Educação Socioambiental, vinculado à Secretaria Municipal de Educação (SME).

A partir dessa formação inicial, as escolas trabalham com os estudantes os passos pedagógicos do programa sobre posse responsável de animais, check list de procedimentos de rotina, envolvimento de familiares e entrega das carteirinhas que simbolizam o objetivo.

O entorno da Serra do Japi foi uma das prioridades apontadas para o programa depois que o projeto-piloto de monitoramento de fauna apontou a presença de animais domésticos em áreas de conservação da vida silvestre.

“Precisamos ter essa atenção para os cuidados necessários nesse avanço da presença humana em regiões ambientalmente sensíveis do município”, comenta a secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Camara Sutti.

Estiveram presentes quase uma centena de educadores das escolas municipais Emeb Lucírio Valle, Emeb Owen Zilio, EMEB Aparecido Garcia e Emeb Rute Miranda Sirilo, que vão implementar o projeto com as crianças.

O evento ocorreu no Centro de Referência de Educação Ambiental (Cream), no bairro Santa Clara. De acordo com a coordenadora de educação socioambiental da SME, Claudete Formis, a experiência anterior realizada na Emeb Judith de Almeida Curado, no Jardim Tamoio, teve um retorno muito positivo por parte de professores, estudantes e familiares.

O médico-veterinário Jonathann França Ribeiro, da Coordenadoria de Bem-Estar Animal, explicou aos participantes as mudanças do serviço nos últimos anos (como a criação da clínica, da equipe de veterinários e da microchipagem de identificação) e seu foco em moradores de baixa renda, protetores independentes e organizações não-governamentais, além da fiscalização de maus tratos e acumuladores.

Entre as questões tratadas no evento esteve o suporte prestado pelos serviços da Cobema para casos de “cães comunitários” (semidomiciliados), comuns em diversos bairros por não terem um domicílio específico mas receberem os cuidados necessários, evitando seu abandono. A professora Elisabeth Ferrari, por exemplo, observou que em boa parte dos bairros  é comum cães e outros animais domésticos circularem livremente.

“Depois do fim do conceito de eutanásia para animais na rua (as antigas carrocinhas), o respeito aos animais exige a conscientização. Até mesmo na adoção consciente temos as visitas prévias para a liberação. Mas é preciso entender que tanto cães quanto gatos precisam ter limites em casa, para evitar a reprodução descontrolada”, afirmou Ribeiro.

O check list (lista de ações) adotado no programa Guardião Mirim para os estudantes e seus familiares, de forma descontraída e repleta de atrações, como a presença do cão-símbolo Sorriso ou de um grande animal de pelúcia para a prática das vacinas, pode ajudar muito nessa mudança.

Além da parceria com a Secretaria de Educação, a Cobema também está trabalhando em outros levantamentos técnicos sobre os riscos da interação de animais domésticos e silvestres em outro ponto do entorno da Serra do Japi, com o setor ambiental da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente e também da DAE. Por outro lado, o lei 8.683 (do novo Plano Diretor) gerou controles de crescimento na criação de zonas periurbanas nos bairros do entorno da Serra do Japi.

Também estiveram presentes na formação a responsável pela abordagem educacional da Cobema, Carolina Ballarini Zetum, e a coordenadora pedagógica do Cream, Telma Regina de Lima.

 

José Arnaldo de Oliveira

 



Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/08/24/escolas-na-regiao-da-serra-do-japi-iniciam-acoes-do-guardiao-mirim/

Galeria de imagens desta notícia

Clique na imagem para fazer o download do arquivo na resolução original



Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br