Prefeitura inaugura inédito multiuso com CEU das Artes no Vista Alegre

Publicada em 28/05/2016 às 03:07
Alessandro RosmanMuitos moradores prestigiaram a abertura do inédito espaço multiuso

Muitos moradores prestigiaram a abertura do inédito espaço multiuso

Com uma programação inicial de 12 horas de atividades, a Prefeitura de Jundiaí inaugurou, neste sábado (28), o inédito complexo multiuso do CEU das Artes, no bairro Vista Alegre (região do Parque Cecap) com uma integração entre praça, quadra esportiva coberta, biblioteca, teatro, pista de skate, centro de assistência social, parque infantil, espaço de exercícios físicos e sala de inclusão digital.

Além do desenho multiuso, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) das Artes implementa também o modelo de gestão compartilhada, contando no seu conselho com representantes dos diversos setores públicos envolvidos e da própria comunidade local.

A iniciativa reforça a característica atual da Prefeitura de Jundiaí, unindo uma das fases de maior número de investimentos públicos da história da cidade com um olhar social, que não fica concentrado em apenas alguns bairros ou grupos sociais, mas implementados para todas as regiões e classes sociais.

“Antes esse terreno era apenas uma área de descarte de entulho. Foi uma luta de muitos anos e com muita gente envolvida”, lembra Valdir Lira, integrante da rede socioassistencial local e que participa do novo conselho de gestão compartilhada.

Veja mais sobre o conselho em http://www.jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/05/19/conselheiros-do-ceu-das-artes-tomam-posse/

O endereço do novo complexo é rua Cabo Edivaldo Quirilo Santana, esquina com rua Diácono Sebastião Cegobias Filho, e tem quatro pontos de ônibus vizinhos da linha Vista Alegre, que passa pelo Terminal Cecap.

Investimento – O novo CEU das Artes teve investimento total de R$ 2,5 milhões, somando recursos federais e contrapartida municipal. A área total é de 6,5 mil metros quadrados (com 1 mil metros quadrados de área construída). O resultado é um complexo multiuso cheio de surpresas, como livros em braille ou em áudio para a segunda unidade da Biblioteca Municipal Nelson Foot, que começa a ser instalada ali e aceita inclusive doações.

“Conheço essa região e historicamente muitos moradores enfrentam problemas sociais. Estou orgulhoso como jundiaiense de termos superado todas as etapas para concluir esse objetivo. Além de investir, é importante buscar a humanização da cidade”, afirmou o prefeito Pedro Bigardi, lembrando que também outros locais foram revitalizados na região, como no caso do Parque do Moradas das Vinhas.

A inauguração contou com a primeira-dama e presidente do Fundo de Solidarieade, Margarete Geraldo Bigardi, o vice-prefeito Durval Orlato, os secretários Jean Camoleze (Cultura), Geane Póvoa (Assistência e Desenvolvimento Social), João Maffia (Esportes e Lazer), José Renato Polli (Educação), Edson Rocha (Negócios Jurídicos), Daniela da Câmara Sutti (Planejamento e Meio Ambiente), Lucas Rodrigues (Serviços Públicos em exercício), José Carlos Pires (Gabinete de Gestão Integrada), Marcelo Lo Mônaco (Escola de Governo), Thiago Godinho (TVE), Vanderlei Victorino (Coordenadorias) e outros.

Para o presidente da Câmara Municipal, Marcelo Gastaldo, o resultado é o ponto culminante de discussões iniciadas há quatro anos nas ruas do bairro e depois continuadas com a equipe da Prefeitura de Jundiaí. “Muitos não acreditaram e realmente demorou para vencermos, inclusive com apoio dos vereadores nos projetos e leis, as etapas necessárias, mas isso é uma conquista e a comunidade deve cuidar como sua”, afirmou. Também estiveram presentes outros vereadores como Gerson Sartori, Eliezer Barbosa da Silva e Marilena Negro.

Diversidade – Além dos espaços, o CEU das Artes também foi marcado pela diversidade de atividades em sua inauguração. Ao lado de paredes grafitadas passavam crianças, famílias inteiras, praticantes em roupas de capoeira ou kendô, músicos, esportistas, adolescentes, aficcionados das “low bikes” e funcionários que vão trabalhar todos os dias nas variadas funções do complexo.

Alguns visitantes chegaram a comparar essa variedade com a proposta usada na rede Sesc, mas desta vez dentro de um bairro popular. Um compositor local de rap, autoidentificado como MC Muka, resumiu o cenário dizendo que “acho que tem muito louco/mas a loucura nos alivia nessas horas/e por isso isto foi/inaugurado agora” ao destacar que o diálogo deve continuar acontecendo para fazer do local um ponto de apoio e lazer aos moradores.

O secretário de Cultura Jean Camoleze destacou que as redes sociais virtuais precisam compartilhar espaço com relações reais de convívio. E a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social Geane Póvoa destacou que o espaço é algo totalmente novo e que a comunidade pode se inspirar na contadora de histórias Joyce Surian, que abriu o evento com o conto “do pouco se fez muito”.

Além de espaços de lazer, como os parques no Jardim Copacabana ou no Jardim do Lago, a Prefeitura de Jundiaí tem investido na recuperação de praças e espaços de convívio, abriu mais de 3 mil vagas novas em creches, promoveu a regularização fundiária esperada há décadaa, ampliou as novas moradias populares (como as 1,5 mil no Novo Horiozonte, São Camilo e Vila Ana), investiu no transporte coletivo (novos veículos, bilhete único, tarifa periódica de R$ 1 aos domingos, projeto do BRT) e, em alguns casos, como no vetor oeste, com escolas e creches novas, ampliação de unidades de saúde e finalização da primeira de quatro UPAs 24 Horas em andamento na cidade. E o CEU das Artes é mais um passo para a cidade. .

Alessandro RosmanAutoridades fizeram inauguração oficial: gestão compartilhada com comunidade

Autoridades fizeram inauguração oficial: gestão compartilhada com comunidade


Por José Arnaldo de Oliveira

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/05/28/prefeitura-inaugura-inedito-multiuso-com-ceu-das-artes-no-vista-alegre/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br