Bigardi entrega primeira obra do Complexo Jundiaí

Publicada em 10/05/2016 às 02:54
Paulo GrégioBigardi destacou a importância da obra, que integra o Complexo Jundiaí

Bigardi destacou a importância da obra, que integra o Complexo Jundiaí

O prefeito Pedro Bigardi entregou, nesta terça-feira (10), o primeiro trecho da marginal esquerda do Córrego da Walkíria, continuação da avenida Jacyro Martinasso. A obra complementar do Complexo Viário Jundiaí, mais conhecido como Alças da Anhanguera, vai fazer ligação com o viaduto que dará acesso à avenida Osmundo dos Santos Pellegrini, no bairro do Retiro. “Estamos adiantados em relação ao cronograma das obras do Complexo Jundiaí. O viaduto da avenida Osmundo dos Santos Pellegrini, que compreende a segunda fase do projeto, começa no segundo semestre e já entregamos a primeira obra complementar, que vai ligar a região do Retiro até a avenida Prefeito Luis Latorre pelo viaduto que será construído sobre a Anhanguera”, pontuou Bigardi.

Com três faixas para veículos, o trecho de 600 metros recebeu pavimentação, drenagem, calçadas, guias, sarjetas, instalação de postes, rede de energia elétrica, sinalização de trânsito e paisagismo. Um dos diferenciais é a instalação da ciclovia, concretada em pigmento vermelho. A obra foi executada por meio de contrapartida de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV). O custo foi de R$ 1,6 milhão, incluindo a pavimentação da avenida Jacyro Martinasso e sinalização na rua do Retiro.

A Prefeitura prepara a continuidade da obra, que inclui o outro lado do córrego e extensão até a marginal do supermercado Carrefour. “O projeto está pronto e licenciado, o custo é de R$ 9 milhões e já previsto no orçamento do ano que vem”, informou o prefeito.

Bigardi destacou o empenho da Prefeitura nas obras do Complexo Jundiaí. “Fizemos todas as desapropriações, vamos fazer as marginais locais, além deste trecho que estamos entregando. Se não fosse o empenho da prefeitura, as obras do Complexo Jundiaí não teriam começado.”

O secretário de Obras, José Roberto Aprillanti Júnior, disse que a nova marginal é mais uma obra que visa melhorar a mobilidade urbana na cidade. “Este é o primeiro trecho das marginais do Complexo Jundiaí, uma obra importante que planejamos desde o início desta gestão, que faz parte de um conjunto de melhorias para melhorar a mobilidade urbana, como o alargamento da avenida Nove de Julho, também pensado nas alças da Anhanguera, e o prolongamento da avenida Samuel Martins. Um dos desafios era buscar esta mobilidade urbana e, com estas obras, feitas em cima de um planejamento e estudo da cidade, estamos avançando.”

Representando a Câmara Municipal, o vereador Gerson Sartori ressaltou que a obra é uma das contrapartidas que o município ofereceu para as obras do Complexo Viário Jundiaí. “Esta é mais uma ação do prefeito no compromisso de promover mudanças e avanços na mobilidade urbana de nossa cidade.”

Também participaram da entrega da marginal esquerda do Córrego da Walkíria os vereadores Márcio Pentecostes de Souza, Eliezer Barbosa da Silva e José Carlos Ferreira Dias; a presidente do Fundo Social de Solidariedade, primeira-dama Margarete Geraldo Bigardi; o vice-prefeito Durval Orlato; os secretários de Transportes, Wilson Folgozi; de Serviços Públicos, Aguinaldo Leite; de Comunicação, André Barros Leite; de Saúde Luis Carlos Casarin; de Agricultura, Abastecimento e Turismo, Valéria Silveira de Oliveira; de Negócios Jurídicos, Edson Aparecido da Rocha; de Finanças, Pedro Galindo; de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Câmara Sutti; de Gestão de Pessoas, Mary Fornari Marinho; de Relações Institucionais, Liraucio Tarini Júnior; o assessor especial para Assuntos das Coordenadorias, Vanderlei Victorino; o comandante da Guarda Municipal, José Roberto Ferraz; e o diretor-presidente do Iprejun, Eudis Urbano.

Complexo Jundiaí – As obras do Complexo Viário Jundiaí tiveram início no dia 20 de abril, no final da avenida Nove de Julho, próximo ao terminal rodoviário. O projeto conta com três alças de acesso sobre a Rodovia Anhanguera, duas na continuação da avenida Nove de Julho (uma para quem chega do sentido Campinas e outra para quem sai sentido São Paulo) e outra que vai ligar a avenida Osmundo dos Santos Pellegrini ao córrego da Walkíria.

O Complexo Jundiaí vai ser executado em duas fases. A primeira envolve as alças que vão dar acesso pela Avenida Nove de Julho, no trecho da rodoviária. Já a segunda fase prevê a construção do Viaduto da Walkíria, além das construções de marginais. Todo o complexo tem prazo estipulado em 21 meses para ser entregue, com custo total em torno de R$ 204 milhões, pagos com recursos dos pedágios. A obra vai beneficiar ao menos 420 mil pessoas todos os dias.

Paulo GrégioBigardi e Aprillanti Júnior na entrega da marginal esquerda do Córrego da Walkíria

Bigardi e Aprillanti Júnior na entrega da marginal esquerda do Córrego da Walkíria


Por Viviane Rodrigues

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/05/10/bigardi-entrega-primeira-obra-do-complexo-jundiai/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br