Prefeitura inicia manutenção da iluminação pública com melhorias

Publicada em 04/05/2016 às 04:58
Alessandro RosmanO prefeito destacou que o município avançará na questão da iluminação

O prefeito destacou que o município avançará na questão da iluminação

Lâmpadas apagadas nas ruas da cidade passam a ser, a partir dessa quarta-feira (4), responsabilidade da Prefeitura de Jundiaí, que cumpre resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica. Um evento no Paço Municipal, com a presença do prefeito Pedro Bigardi, marcou a apresentação do Plano Municipal de Iluminação Pública e do consórcio Ilumina Jundiaí, que fará a manutenção na cidade.

Serão dez equipes, das empresas RT Energia e Eletrowal, que farão a manutenção do parque de iluminação, instalação em vias que ainda não contam com o serviço e modernização do sistema. As primeiras ruas contempladas com o serviço foram Alceu Damião Peixoto e Cacilda Becker, no Jardim Guanabara. Em ambas não havia iluminação pública. As equipes também começaram nesta quarta (4) a manutenção da 9 de Julho.

Segundo o prefeito Pedro Bigardi, a partir de agora o município passa a avançar nesta questão, que antes ficava a cargo da Companhia Piratininga de Força e Luz (CPFL). “Trabalharemos para modernizar o sistema e deixar a cidade mais iluminada. Vale frisar que essa é uma maneira de se realizar a segurança preventiva. Projetaremos o município para o futuro. Uma via bem iluminada e ocupada pela população é mais segura por consequência. Exemplo disso são as mais de 40 praças que revitalizamos e receberam nova iluminação, além dos nossos parques.”

A Secretaria de Serviços Públicos traçou um plano que atinge bairros e principais avenidas da cidade. Entre os projetos a serem executados está a nova iluminação para grandes avenidas como 14 de Dezembro, Avenida Jundiaí, Samuel Martins, Ferroviários, Geraldo Dias, Osmundo Pellegrini, Antônio Pincinato, Nove de Julho, Rua da Várzea, Fernando Arens e Ozanam. De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Aguinaldo Leite, o município tem cerca de 50 mil pontos de iluminação. Antes de a Prefeitura assumir e por força de liminar da Justiça, a CPFL poderia ter uma falha de até 6% do sistema. “No entanto, após a análise do acervo constatamos que 32% do total está com falha e a concessionária não cumpria com suas obrigações. Por conta disso, infelizmente, temos muitos problemas na cidade de lâmpadas queimadas. São mais de 17 mil pontos com problemas.” Iluminação – O secretário aproveitou a ocasião para explicar o funcionamento da Contribuição de Iluminação Pública, a CIP, que chega aos munícipes por meio da conta de luz. O custo da contratação das empresas que integram o consórcio é de R$ 500 mil mensais entre manutenção/melhoria e expansão. A conta de energia elétrica do parque de iluminação pública, que chega a R$ 1,5 milhão, é paga com o recurso da CIP.

De acordo com o secretário, com a mudança da bandeira vermelha para a verde, serão economizados mensalmente R$ 253 mil na conta de energia e o valor será investido no parque de iluminação da cidade. “Teremos um sistema moderno, eficiente e econômico. Com isso, projetaremos uma redução no valor da CIP para 2017. A redução será mensal e regulada pela Aneel e depende do período de estiagem e sinalização de bandeira.”

Serviço – A partir de agora, problemas relacionados às lâmpadas queimadas e reatores ficam a cargo do poder municipal e as reclamações sobre esse assunto podem ser registradas nos telefones 156 e 4582-2656, além do e-mail smsp_ilumpub_campo@jundiai.sp.gov.br.

Seguem como responsabilidade da Companhia Piratininga de Força e Luz, a CPFL, o fornecimento de energia elétrica, troca de postes e problemas relacionados a cabeamento.

Presenças – O vereador Gerson Sartori representou a Câmara Municipal e falou da importância do serviço para a cidade. “É uma proposta que valoriza o município.” Além dele, também participaram do evento o vereador Rogério Ricardo da Silva, os secretários e coordenadores Edson Aparecido da Rocha (Negócios Jurídicos), Valéria Oliveira (Agricultura), Eudis Urbano dos Santos (Iprejun), José Carlos Pires (GGIM), José Renato Polli (Educação), Luis Carlos Casarin (Saúde), Denis Crupe (Administração), José Roberto Aprillanti Junior (Obras), Daniela da Camara (Planejamento e Meio Ambiente), Pedro Galindo (Finanças), Wilson Folgozi (Transportes), Marilza Campos (Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres. Representando o Consórcio Ilumina Jundiaí estavam Afonso Oliveira e Karine Veloso.

Alessandro RosmanServiço será realizado a partir desta quarta-feira (4) em Jundiaí

Serviço será realizado a partir desta quarta-feira (4) em Jundiaí


Por Luana Dias

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/05/04/prefeitura-inicia-manutencao-da-iluminacao-publica-com-melhorias/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br