Apesar de grande procura, vacinação contra gripe atende todos

Publicada em 30/04/2016 às 06:56
Paulo GrégioO pequeno Brayan, de 8 meses, recebeu a dose da vacina neste sábado

O pequeno Brayan, de 8 meses, recebeu a dose da vacina neste sábado

O sábado (30) foi de muito movimento nas unidades de saúde de Jundiaí. A população-alvo compareceu em peso no primeiro dia da campanha de vacinação contra a gripe, que prossegue até 20 de maio, de segunda a sexta-feira, no horário de funcionamento de cada unidade.

Apesar do número reduzido de doses enviado pelos governos Estadual e Federal, a Secretaria de Saúde conseguiu atender a toda a demanda neste primeiro dia de campanha. “Graças ao esforço da equipe, enfermeiros e gerentes de unidades, conseguimos remanejar algumas doses para locais onde houve maior procura e atendemos a todos”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Rosa Bueno Monetti.

Segundo Rosa, a Secretaria Estadual de Saúde informou que enviará um novo lote de vacinas nesta segunda-feira (2) para a cidade.

A assistente financeira Joyce Cristina de Souza Macedo aproveitou o sábado para levar o filho Brayan, de 8 meses, para se vacinar. Já o irmão Bruno, de 8 anos, que tem asma, só vai receber a vacina na segunda fase, a partir de 9 de maio. “É importante a gente vacinar. Todos os anos trago o Bruno e agora o Brayan para se imunizarem”, afirmou a mãe.

Nesta primeira etapa da campanha, a vacinação na rede pública é dirigida para as pessoas que se enquadram nos grupos prioritários, consideradas com maior risco de complicações da doença: idosos (a partir de 60 anos), crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres dentro do período de até 45 dias após o parto) e profissionais de saúde que trabalham nos hospitais e unidades de pronto-atendimento públicos e privados e nas unidades básicas de saúde. Esses profissionais serão vacinados em seus locais de trabalho.

A partir de 9 de maio, começa uma segunda etapa da campanha, voltada para pessoas com comorbidades (portadores de doenças crônicas como hipertensão, diabetes, cardiopatia e outras) e outros profissionais de saúde (mediante apresentação de crachá, carteira de registro ou holerite). “Essa estratificação segue orientação da Secretaria Estadual de Saúde, que não enviou todas as doses necessárias para este sábado”, reforça o secretário de Saúde Luís Carlos Casarin.

Paulo GrégioPessoas a partir de 60 anos também já podem se imunizar na rede pública

Pessoas a partir de 60 anos também já podem se imunizar na rede pública


Por Niza Souza

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/04/30/apesar-de-grande-procura-vacinacao-contra-gripe-atende-todos/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br