Encontro marca dia em memória às vítimas de acidentes de trabalho

Publicada em 25/04/2016 às 05:29

Para marcar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, a Secretaria de Saúde de Jundiaí reúne, nesta quinta-feira (28), profissionais da área para lembrar e homenagear aqueles que foram vítimas de acidentes de trabalho. O evento, das 13h30 às 16h30, será no auditório do Fundo Social de Solidariedade e é aberto para todos os interessados.

Estão programadas palestras com a gerente da Vigilância em Saúde do Trabalhador (Visat) de Jundiaí, Camille Junqueira Guidorizzi, e com a diretora de Vigilância em Saúde de São Bernardo do Campo, Andreia de Conto Garin, com ampla experiência em psicologia do trabalho, saúde mental e trabalho e saúde pública. Os participantes também serão convidados para um minuto de silêncio em homenagem à data.

Para Camille, a ideia do evento é mostrar a preocupação do poder público com a situação dos trabalhadores. “Acredito que parar, por algumas poucas horas, para homenagear aqueles que foram vítimas de acidentes e doenças causados pelo trabalho, é uma forma muito singela de mostrar nossa preocupação. Precisamos nos dedicar ao cuidado com todos os que trabalham antes que eles sejam acometidos por acidentes e doenças”, acredita.

Ela chama a atenção para o fato de as pessoas estarem cada vez mais indiferentes aos perigos e às situações de riscos nos trabalhos, e muita gente ainda sem informação. “Nosso papel na saúde pública é buscar, de forma incansável, maneiras de promover a saúde das pessoas, inclusive enquanto estas trabalham.”

Acidentes – Segundo dados do Ministério do Trabalho e Previdência Social, o Brasil registra, em média, 700 mil acidentes de trabalho por ano desde 2010. Em 2014, foram 704 mil, sendo 2.783 mil mortes e 251 mil afastamentos por mais de 15 dias.

Outro dado que chama a atenção é o perfil das vítimas. A maioria dos acidentados (68%) são homens e jovens (entre 25 e 29 anos). A região com maior incidência de acidentes é a Sudeste, com 379 mil registros.

“Temos de lembrar também que bilhões de reais são gastos, todos os anos, com recursos públicos direcionados aos acidentes de trabalho. Em 2008, por exemplo, foram R$ 46 bilhões com assistência médica, benefícios por incapacidade temporária ou permanente e pensões por morte de trabalhadores vítimas das más condições de trabalho”, destaca Camille.

História – O Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical e logo se espalhou por diversos países. A data, 28 de abril, foi escolhida porque neste dia, em 1969, houve uma explosão na mina da cidade de Farmington, na Virgínia, nos Estados Unidos, matando 78 trabalhadores.

Desde 2003, a Organização Internacional do Trabalho (OIT), propõe a data como um dia de reflexão sobre a segurança e saúde do trabalhador. No Brasil, a data foi instituída em maio de 2005 por meio da Lei 11.121.


Por Niza Souza

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/04/25/encontro-marca-dia-em-memoria-as-vitimas-de-acidentes-de-trabalho/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br