Grandes geradores devem solicitar isenção de taxa de lixo até dia 30

Publicada em 18/04/2016 às 10:10
Arquivo – PMJSecretário explicou prazos para geradores que desejam isenção da taxa do lixo

Secretário explicou prazos para geradores que desejam isenção da taxa do lixo

Grandes geradores de resíduos têm até o dia 30 para solicitar, por meio do site Coletas OnLine (http://jundiai.coletasonline.com.br/), a isenção da taxa do lixo no IPTU de 2016, caso optem por contratar um serviço terceirizado para o recolhimento dos resíduos domésticos. A possibilidade foi aberta por conta da lei 8.570, de dezembro, sancionada no início de abril, conforme previsão do Plano Municipal de Resíduos, com base na Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Quem deseja solicitar a isenção para 2017 pode se inscrever no site até outubro. De acordo com o secretário de Serviços Públicos, Aguinaldo Leite, atualmente cerca de 30 empresas da cidade não usam a coleta municipal, porém, não eram legalmente amparadas pela possibilidade de isenção. Agora, mediante o cadastro, apresentação de um plano de manejo e documentos de licenciamento da empresa que vai operar, a isenção é concedida.

Segundo Aguinaldo, são considerados grandes geradores aqueles que produzem mais de 200 litros de resíduos domésticos diariamente. O secretário explica que o objetivo é reduzir os gastos com o gerenciamento dos resíduos em Jundiaí, que chegam a R$ 30 milhões por ano. “Dessa forma, naturalmente, a taxa do lixo cobrada da população também deve cair, já que o valor cobrado do munícipe é calculado de acordo com o gasto total.” Aguinaldo explica que a taxa é calculada com base no m² de cada empresa ou residência. “Muitas empresas têm grandes áreas, porém, não produzem grande quantia de lixo. Por isso, para elas é mais interessante e barato contratar terceiros para realizar a gestão dos resíduos.”


Por Luana Dias

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/04/18/grandes-geradores-devem-solicitar-isencao-de-taxa-de-lixo-ate-dia-30/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br