Projeto-piloto ‘Câmera Cidadã’ entra em operação no Jardim Paulista

Publicada em 16/02/2016 às 04:48
Cleber de AlmeidaCentro de Controle Operacional da GM recebe as imagens captadas no Jardim Paulista

Centro de Controle Operacional da GM recebe as imagens captadas no Jardim Paulista

O projeto-piloto “Câmera-Cidadã” entrou em operação neste domingo (14) no Jardim Paulista. A proposta é pioneira em Jundiaí e foi firmada por meio de parceria entre moradores do bairro e a Guarda Municipal.

A ideia é que as imagens registradas pelas câmeras instaladas nas ruas do bairro, com recursos dos próprios moradores, sejam interligadas com o Controle Operacional Operacional (CCO). “Isso possibilita que a prevenção seja fortalecida, o que dá sentido à proposta de segurança pública que é priorizar a prevenção”, comenta o comandante da Guarda Municipal de Jundiaí, José Roberto Ferraz.

Ainda de acordo com o comandante da GM, lideranças da associação de moradores do Jardim Paulista visitaram o Centro de Controle Operacional e houve interesse das duas partes em colocarem o projeto em prática.

Inicialmente foram instaladas 27 câmeras do tipo HD em pontos estratégicos do bairro, com possibilidade de ampliação. O investimento foi de R$ 30 mil, rateado entre os próprios moradores. “Oferecemos informações, a técnica operacional e treinamento e isso permitiu materializar o projeto-piloto”, destaca Ferraz.

Ferraz destaca que as câmeras do tipo HD adquiridas pela população, têm eficiência tecnológica para garantir significativa resolução de imagens. “É claro que os equipamentos não são como os que temos aqui, mas são ótimos. Com o suporte para a recepção de imagens que temos, o ‘Câmera-Cidadã’ pode até ser ampliado”, diz Ferraz.

O funcionamento é simples. Todas as imagens e demais dados obtidos pelas câmeras do Jardim Paulista serão recebidos e analisados em tempo real. O trabalho segue rigorosamente as regras estabelecidas na Lei Municipal 8.045/13, que regulamenta o sistema de monitoramento da GM.

“Existe no Brasil alguns projetos semelhantes, mas não com o compartilhamento de imagens em tempo real”, ressalta Ferraz, que confirma haver um termo de cooperação técnica e de parceria entre a GM e a associação dos moradores do bairro para regulamentar todas as ações e demais providencias necessárias para a efetividade do projeto.

A GMJ acredita que o projeto-piloto trará significativos benefícios e resultados para a prevenção primária da violência e da criminalidade no bairro monitorado e que, ao mesmo tempo, deverá propiciar maior sensação de segurança aos moradores.

“A participação da comunidade nos processos e estratégias de segurança pública municipal, possibilita que os moradores conheçam e participem mais ativamente para a segurança de todos”, acrescenta o comandante da GM.

O coordenador especial do Gabinete de Gestão Integrada (GGIM), José Carlos Pires, fez elogios a iniciativa. “Tudo que se acrescenta ao processo que integra a administração pública, Conselho de Segurança e sociedade traz significativa melhora para a ampliação da segurança do município”, comenta.


Por Ivan Lopes

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/02/16/projeto-piloto-camera-cidada-entra-em-operacao-no-jardim-paulista/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br