Mais de 60 mil assistem Carnaval de Jundiaí pela TVE na internet

Publicada em 12/02/2016 às 03:43
Fotógrafos PMJThiago Godinho e o prefeito Pedro Bigardi durante os desfiles

Thiago Godinho e o prefeito Pedro Bigardi durante os desfiles

Daqui para o mundo. Assim pode-se definir o trabalho da TVE Jundiaí nos dois dias de desfiles das escolas de samba da cidade, com transmissão ao vivo simultânea pelo portal de vídeos youtube, na internet.

Com mais de 10 horas de exibição, a emissora ultrapassou 60 mil telespectadores por meio da plataforma digital. E atravessou fronteiras, chegando em todo canto do mundo. Países como Estados Unidos, Japão, Israel, Portugal, Áustria e até na Nova Zelândia registraram audiência, de acordo com as estatísticas oficiais do site. Esses números não contabilizam, ainda, os mais de 50 mil espectadores potenciais pelo canal 24 da NET Jundiaí, no canal a cabo.

Por meio do aplicativo para telefone celular whatsapp, cerca de 1 mil mensagens foram registradas, a grande maioria de Jundiaí, mas também com participações de vários estados do Brasil e exterior.

A interatividade, aliás, marcou as transmissões. Por meio de texto, fotos e vídeos a população participou diretamente da transmissão e pôde se ver na tela da TVE Jundiaí.

“As pessoas comentaram sobre a transmissão da TVE na cidade toda e, muitas, se empolgaram em vir até a avenida após assistirem pela televisão a qualidade do nosso desfile”, elogiou o prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi.

A repercussão nas redes sociais com compartilhamentos e comentários dos seguidores, também refletiu a audiência positiva, como foi o caso da internauta Amanda Cardoso. “Parabéns a toda a equipe pelo trabalho bem feito e ótima transmissão”, postou, no facebook.

Para o jornalista e superintendente da TVE Jundiaí, Thiago Godinho, a interação com os telespectadores foi essencial para o trabalho da emissora seguir no rumo certo: “O feedback do público foi fantástico. A gente faz televisão para a população, então esse retorno é mais o importante de tudo e comprova nossa realização”, avalia.

Transmissão nota 10 – Pelo terceiro ano consecutivo, a equipe da TVE Jundiaí transmitiu os desfiles das escolas de samba nas duas noites. Ao todo, foram mais de 10 horas de transmissão ao vivo.

Com o compromisso de levar a energia e o encantamento da avenida, estiveram na apresentação, Márcio Miguel e Liliane Rossi acompanhados da análise técnica do comentarista Jamilson Tonolli.

Nos bastidores, 45 profissionais da TVE Jundiaí trabalharam para levar o melhor da avenida ao público. Produtores e repórteres apuravam notícias e novidades em primeira mão. A equipe técnica captou em tempo real todos os detalhes do evento com excelência em imagem e som, conduzidos por meio de fibra ótica.

O Carnaval de rua também divertiu moradores com apoio da Prefeitura de Jundiaí e secretarias de Transportes e de Serviços Públicos. A TVE Jundiaí acompanhou de perto a concentração dos blocos que agitaram foliões em vários bairros da cidade. Destaque para o bloco carnavalesco Refogado do Sandi, recentemente reconhecido como patrimônio imaterial do município, pelo Conselho Municipal do Patrimônio Artístico e Cultural (Compac).

É campeã – Além da cobertura completa dos desfiles de Carnaval, a TVE Jundiaí transmitiu ao vivo a apuração das notas das escolas, na última terça-feira (9). Diretamente do Auditório Elis Regina, no Complexo Argos, o telespectador acompanhou a leitura das notas e entrevistas com componentes das escolas.

A Leões da Hortolândia conquistou o título de campeã do Carnaval 2016. A escola contou com 400 integrantes, seis carros e 11 alas. O enredo “Aos olhos do Egito” somou 89,30 pontos na apuração.

Desta vez, nenhuma escola foi rebaixada para o grupo de acesso. As duas escolas vencedoras do grupo de acesso, União do Povo (89 pontos) e Cai-Cai (88,75 pontos) desfilam ano que vem no grupo especial.


Por Rosana Pagano

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2016/02/12/mais-de-60-mil-assistem-carnaval-de-jundiai-pela-tve-na-internet/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br