Encontro de Opalas reúne 20 mil pessoas no Parque da Uva

Publicada em 30/11/2014 às 04:24
Paulo GrégioEvento reuniu mais de 2 mil Opalas

Evento reuniu mais de 2 mil Opalas

O domingo foi deles. Mais de 2 mil Opalas e cerca de 20 mil pessoas tomaram conta do Parque Comendador Antônio Carbonari, e das ruas no entorno, neste domingo (30), no 8º Encontro Nacional de Opalas. O evento, organizado pelo Clube Opaleiros Jundiaí com apoio da Prefeitura, foi realizado pela primeira vez no Parque da Uva e o público aprovou a nova estrutura.

Além dos Opalas, Caravans e Comodoros, as estrelas da festa, o público pôde curtir boa música, aproveitar a praça de alimentação, apreciar o artesanato da cidade e ainda conferir o mercado de pugas montado dentro do Parque.

“Não é um evento só para os apaixonados pelo carro. É para toda a família”, resumiu o empresário Wilson Guilhermino, de Americana, que trouxe toda a família – a mulher Simone e os filhos Miguel e Thiago – para Jundiaí, especialmente para o encontro. “Eu adoro o carro, mas ainda não tenho um Opala. É a primeira vez que venho e achei maravilhoso. Fiquei surpreso com o tamanho do evento e com a organização.”

O encontro atraiu apaixonados de todo o País. Como o grupo do Clube do Opala de Brasília, que participa pelo terceiro ano consecutivo do encontro em Jundiaí. “Viemos em onze carros, 10 Opalas e uma Caravan. São 960 quilômetros, mas nós reservamos quatro dias para participar desse evento. Saímos de Brasília na sexta-feira, dormimos em Ribeirão Preto, e chegamos aqui no sábado. Vamos embora só nesta segunda-feira”, contou o presidente do Clube, o administrador Marcos Aleixo.

Aleixo é dono de um Opala SS 1978 dourado. “É um carro de colecionador. Tenho a placa preta, com certificado de 91% de originalidade”, destacou. O carro mais antigo do grupo é um Opala de Luxo 1973 laranja, que chamava a atenção do público.

Old Stock – Outra atração do evento foram os Opalas do Old Stock Race, dos pilotos Paulo Soláriz e George Lemonias, o Grego. A nova categoria da Stock Car terá competições a partir do ano que vem. “Estou surpreso e impressionado com o tamanho desse evento. É gratificante ver que o Opala ainda consegue reunir tanta gente. Estou ansioso para ver esses jovens nas pistas, no ano que vem, para assistir a Old Stock”, disse Grego.

O piloto Paulo Soláriz esteve este ano pela primeira vez no Encontro de Opalas e também se disse surpreso com a estrutura. “É um evento do bem, tranquilo, com muitas famílias, crianças. O Opala é um símbolo de uma época boa, e acredito que as pessoas querem buscar esses bons tempos. O que estamos vendo hoje é uma confraternização a tudo isso.”

Já o piloto Fábio Sotto Mayor participou do evento pela segunda vez e destacou a fidelidade dos opaleiros. “Apesar de estar há 20 anos fora de linha, o Opala foi o melhor carro da época, das décadas de 70 e 80. E vemos que as pessoas continuam apreciando o carro.”

Grego, Soláriz e Sotto Mayor foram homenageados pela Prefeitura com uma placa de agradecimento pela participação no evento assinada pelo prefeito Pedro Bigardi. O piloto jundiaiense Guilherme Salas também foi homenageado pelo título de campeão brasileiro da categoria Turismo de automobilismo. Participaram da solenidade os secretários Marcos Brunholi (Agricultura, Abastecimento e Turismo), Tércio Marinho (Cultura) e Cristiano Lopes (Esportes e Lazer).

O evento contou com patrocínio da Luchini, MeuOpala.com e Racing Project.

Paulo GrégioMarcos Aleixo, de Brasília, e seu Opala SS 1978

Marcos Aleixo, de Brasília, e seu Opala SS 1978


Por Niza Souza

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2014/11/30/encontro-de-opalas-reune-20-mil-pessoas-no-parque-da-uva/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br