Setransp utiliza novas ferramentas para análise e melhorias no trânsito da cidade

Publicada em 31/05/2011 às 11:05
José Aparecido dos SantosNo computador, é possível modelar várias opções de tráfego

No computador, é possível modelar várias opções de tráfego

A Prefeitura de Jundiaí, por meio da Secretaria de Transportes (Diretoria de Trânsito) começa a utilizar nos próximos dias uma nova ferramenta no trabalho de gerenciamento do trânsito da cidade, com recursos da informática. Trata-se do software de origem alemã que permite uma simulação de tráfego pelo computador, facilitando a análise antecipada das futuras mudanças viárias em determinado cruzamento. Nesta fase, que servirá de treinamento da equipe local, o novo equipamento será utilizado na modelagem de 30 cruzamentos na região central, para adequação semafórica.

O Secretário de Transportes, Roberto Salvador Scaringella, é um entusiasta deste tipo de tecnologia. “Utilizamos este sistema na cidade de São Paulo várias vezes”, disse. O diretor de Trânsito, Mauro Mazzamati, explica que o software já foi utilizado em Jundiaí, mas agora a prefeitura adquiriu essa ferramenta, tendo em vista os benefícios para a área de trânsito local. “Esse software, chamado LISA +, tem capacidade para fazer a análise de qualquer intervenção no sistema viário da cidade”, explicou o diretor. Isso inclui colocação de novos semáforos, ou acerto de tempos semafóricos, criação de novas rotatórias, instalação de pontes e viadutos. Enfim, todos os tipos de obras e intervenções que possam interferir com o viário.

Mauro explica que os engenheiros alimentam o software com dados e informações específicas (como volume de tráfego, ocupação da via) e o programa simula as condições de tráfego. “O resultado é uma modelagem com as melhores soluções para aquela área, ou seja, as opções mais adequadas e qual delas é a mais indicada”, disse. Com esse estudo prévio é possível conferir antecipadamente pelo computador como vai funcionar na vida real determinada alteração no trânsito. “É uma tecnologia avançada, que traz maior índice de acerto e resolutividade”, explicou Mauro.

Essa tecnologia já vem sendo aplicada em algumas cidades brasileiras, entre elas São José dos Campos, Maringá e algumas áreas de São Paulo. O objetivo é otimizar o tráfego de veículos numa das áreas mais movimentadas da cidade, adequando as esperas nos semáforos.


Por Assessoria de Imprensa

Link original: https://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/2011/05/31/setransp-utiliza-novas-ferramentas-para-analise-e-melhorias-no-transito-da-cidade/


Sala de Imprensa | Desenvolvido por CIJUN
www.jundiai.sp.gov.br